Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Saúde

Vacina contra o novo coronavírus da farmacêutica americana Pfizer (Foto: Reprodução)
Vacina contra o novo coronavírus da farmacêutica americana Pfizer (Foto: Reprodução)

Ministério da Saúde deverá comprar 70 milhões de unidades do imunizante em 2021

Nísia Trindade, presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), uma das principais instituições brasileiras que lidam com imunizantes, afirmou em entrevista à CNN nesta segunda-feira (14) que o país não tem capacidade de fabricar a vacina contra o novo coronavírus da farmacêutica americana Pfizer.

“A vacina da Pfizer se trata de um medicamento feito com uma plataforma nova, vacina de RNA, porém, nós não temos no Brasil essa tecnologia em termos de planta de produção capaz de produzir em escala”, afirmou a pesquisadora, professora e gestora.

O Ministério da Saúde propôs no início da última semana que deverão ser compradas 70 milhões de doses da vacina da Pfizer, sendo 8,5 milhões de unidades no primeiro semestre de 2021 e 61,5 milhões no segundo semestre.

Já sobre a vacina da Universidade de Oxford, produzida em parceria com a farmacêutica AstraZeneca e que será feita no Brasil pela Fiocruz, Nísia disse que não será necessário o pedido de aprovação emergencial para o uso do imunizante.

“Avaliamos que a autorização temporária não será o caso da vacina de Oxford porque já houve a entrega de dados da fase 3 para a Anvisa. Estamos acelerados na fase de registro. Não há vantagem para registro provisório nesse momento", finalizou.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br