Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Educação

Órgão corrigiu o gabarito e disse que foi encontrada 'uma inconsistência no material' (Foto: Reprodução)
Órgão corrigiu o gabarito e disse que foi encontrada 'uma inconsistência no material' (Foto: Reprodução)

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, divulgado na quarta-feira, 27, foi alterado após dois erros. O primeiro apontava como correta uma alternativa que dizia que a mulher negra que não quer alisar seu cabelo tem argumentos "imaturos".

Já outra questão afirmava que o Google associava nomes de pessoas negras a fichas criminais por causa da "linguagem", não do "preconceito". O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza a prova, foi acusado de racismo por estas questões.

Com isso, o órgão corrigiu o gabarito e disse que foi encontrada "uma inconsistência no material". "Em função disso, a área técnica providenciou uma revisão no material e o instituto já disponibilizou as versões corrigidas no seu portal", afirma a nota. No site é possível conferir o gabarito atualizado.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br