Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Educação

'Pacientes que curam - o cotidiano de uma médica do SUS', primeiro livro lançado por Júlia (Foto: Átila Souza | Divulgação)
'Pacientes que curam - o cotidiano de uma médica do SUS', primeiro livro lançado por Júlia (Foto: Átila Souza | Divulgação)

Júlia Rocha é médica e trabalha há 10 anos no SUS, desde que se formou. Nesse período, ela atendeu como médica de família e comunidade, em hospital, em Unidade Básica de Saúde (UBS), em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e em visita domiciliar.  Ela também é cantora, compositora, doula e agora escritora: no dia 12 dezembro, Júlia lançou seu primeiro livro.

"Pacientes que curam - o cotidiano de uma médica do SUS" traz histórias vividas dentro dos consultórios, que tanto encantam quanto mostram a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) na vida de todo brasileiro, em especial os que não podem pagar por planos de saúde.

Em seu perfil na rede social Instagram, Júlia falou sobre a construção da obra. "Dentro deste livro tem tudo que eu aprendi a fazer. Tem um pouco do que eu sou como médica, escritora, cantora e compositora", expôs. "Pacientes que curam é a realização de um desejo antigo. Registrar 10 anos de encontros em um livro e lançar essas emoções no mundo. O retorno das pessoas tem sido delicioso.", comemorou.

"No livro, vemos como saúde é muito mais do que não estar doente: é ter garantido o direito ao trabalho, à moradia, à alimentação, à educação, ao lazer e aos demais componentes do Estado de bem-estar social.", destaca o texto da sinopse, divulgada pela editora Civilização Brasileira.

Recentemente o livro alcançou o cobiçado primeiro lugar na lista de mais vendidos da Amazon, na categoria memórias, superando o aclamado Minha História de Michelle Obama. Esse posto mostra o quanto o SUS é tema de interesse e relevância para os brasileiros.

O SUS, criado em 1986 e considerado um dos maiores e melhores sistemas de saúde públicos do mundo, o SUS foi, recentemente, alvo de ações especulativas por parte do Governo Federal, que pretendiam privatizar o sistema, ou ao menos parte dele.

A ideia gerou revolta popular e manifestações contrárias de diversos órgãos no país. Com isso, o Governo voltou atrás e até declarou que nunca estivera em pauta a privatização do SUS.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br