Galeria de fotos

Não perca!!

Trânsito

Equipamentos começam a ser instalados dia 2; sensores passam de 23 para 58 (Foto: Evandro Veiga | Arquivo CORREIO)
Equipamentos começam a ser instalados dia 2; sensores passam de 23 para 58 (Foto: Evandro Veiga | Arquivo CORREIO)

Após mais de um ano sem radares em funcionamento, o município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, vai ganhar 58 equipamentos deste tipo a partir do dia 2 de maio. Será quando os equipamentos serão instalados pelo consórcio vencedor da licitação promovida pela Prefeitura local no ano passado.

A instalação começará pela Estrada do Coco (BA-099), que na cidade ganha o nome de Avenida Santos Dumont. Serão 21 radares implantados no marco zero (Aeroporto) até a divisa com Camaçari, no Km 7,5. As informações são do secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Pública, Olinto Borri.

Em seguida, serão instalados equipamentos nas avenidas próximas à Estrada do Coco, a Dr. Gerino Souza Filho e a Luiz Tarquínio. Outras vias a receber o equipamento são as avenidas Fortaleza, Praia de Itapuã, Praia de Copacabana, Priscilla Dutra e Beira Rio.

“É importantíssimo deixar claro que está mais que provado que o controle da velocidade salva vidas. O radar nada mais é que um controle de velocidade”, disse o secretário, apontando que o número de acidentes subiu no período em que os equipamentos não estavam em funcionamento, mas não soube precisar de quanto foi este crescimento.

Menos quebra-molas

A quantidade de equipamentos existentes na cidade vai crescer em relação ao ano de 2016. Enquanto naquela época eram 23 equipamentos em todo o município, até o início do mês de agosto serão 58 equipamentos em funcionamento. O motivo, segundo Olinto Borri, é a retirada de algumas lombadas (quebra-molas) de certas avenidas.

“Na Avenida Praia de Itapuã, Praia de Copacabana, Fortaleza, Luiz Tarquínio e Priscilla Dutra, a intenção é retirar os quebra-molas e colocar lombadas eletrônicas”, disse o gestor, se referindo aos radares que apontam a velocidade com que o veículo se aproximou do equipamento. O limite máximo dentro do município é de 60 km/h, restrito a algumas avenidas.

Apesar do aumento de número de radares, o secretário rechaçou a existência de uma 'indústria de multas' no município. “Só haveria de se falar em indústria de multas se não houvesse sinalização dos limites de velocidade, o que não é o caso”, destacou o secretário.

Inteligência compartilhada

Os equipamentos contratados pela Prefeitura de Lauro de Freitas fazem registro de infrações por meio de imagens de vídeo, que serão compartilhadas em tempo real com o Centro de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

“Alarmes de placas de carros roubados estão linkados tanto com o Centro de Inteligência da SSP quanto à base de dados do Detran, ajudando de identificar carros roubados, clonados”, revelou o Olinto. As imagens podem ser usadas também para ajudar na detecção e investigação de outros crimes.

 

Enquete

Qual seu candidato para presidente 2018?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br