Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Camaçari está há pelo menos duas semanas sem nenhum leito ativo dedicado a pacientes com complicações causadas pelo vírus (Foto: Thiago Canuto)
Camaçari está há pelo menos duas semanas sem nenhum leito ativo dedicado a pacientes com complicações causadas pelo vírus (Foto: Thiago Canuto)

De acordo com informações disponíveis no portal da Central Integrada de Comando e Controle da Saúde, onde o Estado mantém atualizações sobre a pandemia de covid-19, Camaçari está há pelo menos duas semanas sem nenhum leito ativo dedicado a pacientes com complicações causadas pelo vírus, seja para casos de internamento clínico ou Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Município (Sesau), trata-se de uma notícia boa, já que, com a redução do número de casos e internações, o município não necessita mais da manutenção das unidades.

"Tanto os leitos clínicos quanto os de UTI foram desativados por causa da baixa procura. A média de ocupação dos leitos clínicos, por exemplo, durante o mês de agosto, foi de 01 por dia. Nós tínhamos 20 ativos", informou a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Sesau.

Já em relação aos leitos de UTI, também de acordo com a Ascom, embora a média de ocupação fosse maior, o Estado tem suprido totalmente a demanda. "A média de ocupação dos leitos de UTI foi de 05, 06 por dia. Mas, como hoje nós temos essa oferta de leitos no Estado de forma tranquila, sem fila de espera, não justificava mais a manutenção desses leitos no município", esclareceu a assessoria.

Ainda de acordo com a Sesau, a queda na procura por leitos, somada ao avanço da vacinação e a redução dos casos graves formaram o cenário adequado para encerramentos dos contratos de manutenção dos leitos criados exclusivamente para atender esses pacientes. "Tudo isso colaborou para um cenário onde não se justificava mais a manutenção dos custos com esses equipamentos, uma vez que, quando surge um casos de internação, temos conseguido encaminhar quase que de imediato para leitos covid do Estado", conclui a Sesau.

A equipe do Camaçari Fatos e Fotos (CFF) entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) para mais informações sobre a disponibilidade de leitos, mas a pasta se limitou a informar que "os pacientes podem ser encaminhados para qualquer unidade de referência da rede."

De acordo com os dados da Central Integrada, o Estado hoje dispõe de 1.891 leitos covid, com 489 pacientes internados. Em Salvador, são 497 leitos e 141 pessoas internadas. Em Lauro de Freitas são 170 leitos, com 95 pacientes internados, todos no Hospital Metropolitano.

Veja também:

'Passaporte da vacina': saiba como obter o seu certificado de imunização contra covid

VACINA: Prefeitura poderá exigir comprovação para acesso a ambientes fechados

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br