Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Menos de 24h após a reabertura do comércio local, a prefeitura de Camaçari passou a ofertar internet gratuita em praças da cidade (Foto: Reprodução)
Menos de 24h após a reabertura do comércio local, a prefeitura de Camaçari passou a ofertar internet gratuita em praças da cidade (Foto: Reprodução)

Há um ditado que sentencia: depois da queda, o coice. É um termo bastante popular, mas, caso você não conheça, ele se refere a uma situação ruim sucedida de outra ainda pior. Pois bem: menos de 24h após a reabertura do comércio local, a prefeitura de Camaçari passou a ofertar internet gratuita em praças da cidade.

De acordo com nota divulgada pela Agência de Notícias da Prefeitura, está funcionando desde a noite de segunda-feira (05), a oferta de conexão de dados via wi-fi em sete praças da cidade: Desembargador Montenegro; Abrantes; da Rua Abaré, na Gleba C; a localizada entre os bairros do Ponto Certo e Inocoop; dos 46; Hildete Reis, na Gleba B;  dos Coqueiros, em Arembepe.

O serviço é gratuito, contratado por licitação com a Telemar - cujo valor e prazo de validade do contrato não foi divulgado - e será estendido para outros seis espaços de lazer,  nos bairros do Phoc I, Gleba A, Gravatá, Vila de Abrantes, Monte Gordo e Guarajuba.

Ainda segundo a prefeitura, para ter acesso, é necessário fazer um cadastro informando nome completo, e-mail, data de nascimento e gênero.

O coice

Divulgado pela prefeitura como "mais uma ação para elevar a acessibilidade digital em Camaçari" e medida que "beneficia as pessoas mais carentes", a oferta tende a ser, pela mão da prefeitura, um verdadeiro tiro no pé da Secretaria de Saúde, que, como já apontou o Camaçari Fatos e Fotos (CFF) parece estar trabalhando sozinha no combate à pandemia de covid-19 na cidade.

O acesso gratuito à internet somado à reabertura do comércio é um convite altamente tentador para que a população se concentre nas praças, o que é exatamente o oposto cenário ideal para haver sucesso no combate à doença em Camaçari.

Auxílio emergencial


Enquanto a prefeitura decide, no pior momento da pandemia na cidade, beneficiar a população carente, ofertando acesso gratuito à internet em praças, o debate sobre o auxílio emergencial municipal permanece enterrado nos arquivos da Câmara Municipal, em forma de uma Indicação aprovada pelos vereadores, para a qual a prefeitura sequer deu atenção.

Veja também:

Reabertura do comércio em Camaçari: quem pagará a conta?

Baixa vigilância sobre variantes na América Latina vira ameaça ao mundo

Número de mortes por covid em março é 4 vezes maior que em fevereiro

Camaçari registra 285 mortes em março: recorde dos últimos seis anos

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br