Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Até ontem, eram oito pessoas confirmadas com o novo coronavírus SARS-CoV2; maioria dos pacientes é de São Paulo. Ministério da Saúde ainda monitora mais de 700 casos suspeitos. Foto: Ricardo Moraes/Reuters
Até ontem, eram oito pessoas confirmadas com o novo coronavírus SARS-CoV2; maioria dos pacientes é de São Paulo. Ministério da Saúde ainda monitora mais de 700 casos suspeitos. Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Subiu de oito para 13 o número de pessoas com testes positivos para o novo coronavírus SARS-CoV2 no Brasil, informou o Ministério da Saúde, nesta sexta-feira (6).

 

São Paulo é o estado com maior número de casos: 10. Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro têm um caso cada.

"Esses cinco casos que foram confirmados [de ontem para hoje] não tiveram contato com os casos anteriores. São casos novos que entraram na definição de suspeito, que é ter viajado para um país com transmissão local comunitária importante nos últimos 14 dias. Destes cinco casos novos, temos casos de pacientes que viajaram para a Itália, Reino Unido e Estados Unidos", explicou o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Júlio Croda.

O caso de uma mulher de 53 anos, internada em um hospital do Distrito Federal, aguarda exame de contraprova. Ela testou positivo em um laboratório privado para o SARS-CoV2, após retornar da Inglaterra e Suíça e apresentar sintomas. A validação do exame será feita pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

O ministério ainda monitora 768 casos suspeitos. Outros 480 já foram descartados.
Publicidade
Fechar anúncio

Em ao menos 88 países, são mais de 100 mil infectados pelo SARS-CoV2 — cerca de 80% na China, epicentro da epidemia. Coreia do Sul, Irã e Itália também possuem alto número de casos.

A partir de hoje, o Ministério da Saúde vai considerar caso suspeito todo viajante procedente da América do Norte, Europa, Ásia ou da Austrália que apresente febre e sintomas respiratórios. Isso põe fim à lista de 36 países que era usada até então.

"Nós chegamos agora a uma fase em que a orientação de fazer nexo com país de transmissão, para um país como o Brasil, não há mais porque manter essa orientação da Organização Mundial da Saúde", afirmou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

"São 14 estados que têm voo internacional. São 198 voos internacionais por dia, são 43 mil pessoas por dia que chegam de voos internacionais — 30 mil são brasileiros e 13 mil são estrangeiros, na média. [...] A gente não vai mais pedir que as pessoas façam nexo por país", acrescentou.

Apenas dois casos de transmissão local foram confirmados até agora. São pessoas ligadas ao primeiro paciente confirmado de covid-19 no país.

Veja também:

Aumentou - Ministério da Saúde confirma 4º caso de coronavírus no Brasil

Com 530 casos suspeitos Brasil tem terceiro caso confirmado de coronavírus

Epidemia chinesa - Ministério da Saúde confirma caso positivo de coronavírus no Brasil

Criança está em isolamento por suspeita de coronavírus na Bahia

Epidemia chinesa - Homem testa positivo para coronavírus em SP; falta contraprova

Epidemia chinesa - Áustria, Croácia, Espanha e Suíça confirmam primeiros casos de Corona-vírus

Coronavírus: Itália anuncia segunda morte e Irã a quinta

Em dois meses, coronavírus mata mais que Sars

França registra primeira morte pelo coronavírus

Coronavírus - China registra 1.380 mortos e 63.581 infectados

Coronavírus - o que se sabe até agora?

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br