Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Saúde

O Ministério da Saúde informou, nesta quinta-feira (27/2), que há 132 casos suspeitos de coronavírus em todo o país. Por enquanto, o único caso confirmado é o de um homem de 61 anos, morador de São Paulo.

O secretário executivo do ministério, João Gabbardo, afirma, no entanto, que o número de casos suspeitos deve ser ainda maior, pois há outras 213 notificações em análise.

"Esses casos em análise podem ser considerados suspeitos, mas também podem ser descartados. Por isso, acreditamos que esse número pode ser ainda maior. Acho que estamos perto de 300 casos suspeitos", diz.

"Não esperava que aumentasse tanto"

Gabbardo explica que a elevação do número de casos é esperada nos próximos dias também devido à mudança dos critérios de casos suspeitos. Pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, e tiveram passagem por um dos países em alerta nos últimos 14 dias, se enquadram no critério de caso suspeito.

"Imaginava que esse número aumentaria, mas não esperava que ele tivesse aumentado tanto. Não sei se foi um movimento esporádico ou se vai se manter, por isso é muito importante a nossa avaliação nos próximos dias”, avaliou Gabbardo. 

Dos 132 casos já classificados como suspeitos, 130 ainda passam pelos primeiros exames para descartar os vírus mais comuns. Outros dois já passaram por esta fase, na qual foram descartados vírus como Influenza A e B, e agora passam por teste específico para descartar o novo coronavírus.

Continua depois da publicidade
O único caso confirmado no Brasil até agora é de um homem de 61 anos atendido no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e depois encaminhado para isolamento domiciliar. Ele passa bem, segundo a Secretaria da Saúde de São Paulo.

No DF, a Secretaria de Saúde aunciou, na manhã desta quinta-feira, cinco casos suspeitos, cujos resultados devem sair até o fim do dia. Um deles, porém, já foi descartado pelo hospital particular onde o paciente está internado, o Santa Lúcia da Asa Norte.

Mais tarde, o Ministério da Defesa informou de um sexto caso suspeito: o de um militar que está internado no Hospital das Forças Armadas (HFA).

Vacinação contra gripe antecipada

Devido à chegada do vírus ao país e ao aumento do número de casos suspeitos, o Ministério da Saúde decidiu antecipar a campanha de vacinação contra a gripe deste ano. De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a campanha começará em 23 de março, 23 dias antes do previsto.

"A vacinação contra gripe é um instrumento importante nesse momento porque você diminui o espiral de epidemias desses outros vírus que podem ocorrer e confundir a população", justificou Mandetta, em coletiva de imprensa em São Paulo, para onde viajou a fim de discutir o combate à nova epidemia no estado.

Veja também:

Salvador registra 5 notificações para novo coronavírus; governo monitora casos

Epidemia chinesa - Ministério da Saúde confirma caso positivo de coronavírus no Brasil

Criança está em isolamento por suspeita de coronavírus na Bahia

Epidemia chinesa - Homem testa positivo para coronavírus em SP; falta contraprova

Epidemia chinesa - Áustria, Croácia, Espanha e Suíça confirmam primeiros casos de Corona-vírus

Coronavírus: Itália anuncia segunda morte e Irã a quinta

Em dois meses, coronavírus mata mais que Sars

França registra primeira morte pelo coronavírus

Coronavírus - China registra 1.380 mortos e 63.581 infectados

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br