Galeria de Fotos

Não perca!!

Saúde

Verão é sinônimo de calor, sol, praia e muita diversão (Imagem Ilustrativa)
Verão é sinônimo de calor, sol, praia e muita diversão (Imagem Ilustrativa)

Verão é sinônimo de sol e calor. A estação é propícia para banhos de mar, piscina, para alcançar o bronzeado tão desejado e praticar esportes. Entretanto, para aproveitar o período sem ter “dor de cabeça” é preciso tomar alguns cuidados.

Por isso o Camaçari Fatos e Fotos preparou um especial de matérias com temas relacionadas ao verão, como cuidados com a exposição do sol, doenças da estação, como se proteger, como cuidar dos cabelos, alimentação ideal e muito mais. Você não pode perder!

Verão I

Verão é sinônimo de calor, sol, praia e muita diversão. A estação é propícia para banhos de mar e piscina e para deixar aquele tão desejado bronzeado. Entretanto, nem tudo é só benefício. Apesar de ser essencial para a vida por trazer calor, luz e até mesmo afetar o humor, a exposição demasiada ao sol sem os cuidados essenciais pode causar muitos malefícios à pele, como explica a dermatologista da Policlínica, Marli Sanches:

 

“Ao mesmo tempo em que o sol traz muitos benefícios, ele também traz malefício, pois os raios ultravioletas liberam uma energia que pode induzir a queimaduras (UVB) ou envelhecimento da pele (UVA), além de tantos outros danos”.

Para aproveitar de maneira positiva tudo que a estação tem a oferecer, basta compreender os benefícios e malefícios do sol à pele, e seguir as dicas sugeridas pela dermatologista logo abaixo.

Benefícios


Algumas doenças de pele, como a eczema e a psoríase, melhoram em resposta à luz do sol. A luz UVB permite que a vitamina D se ligue ao cálcio nos ossos, e também reduz os riscos de osteoporose nos idosos e previne raquitismo nas crianças.

“Além disso, o sol melhora o nosso humor, pois a luz afeta a melatonina, um hormônio que regula nossos ritmos biológicos e nosso humor”, acrescentou a dermatologista.

Malefícios

Os efeitos negativos do sol sobre a pele são queimaduras, reações fototóxicas, que são induzidas por substâncias que são ingeridas, como por exemplo, antibióticos e antiinflamatórios não esteróides, ou até mesmo por produtos aplicados sobre a pele, como perfumes, anti-sépticos e tinturas.

Sanches ressaltou ainda como conseqüência negativa à exposição excessiva ao sol, o envelhecimento da pele já que sol possui o efeito de acelerar o envelhecimento da pele, pois a exposição prolongada faz com que ela perca a elasticidade, desenvolvendo rugas:

“Por isso vemos aquelas pessoas que trabalham anos e anos na roça, com o rosto extremamente enrugado e ressecado”.

Como se proteger

A dermatologista dá algumas dicas de como se proteger das reações negativas da pele ao sol e aproveitar a estação:

1-  Primeiro ter cuidado de não se expor ao sol por muito tempo sob o pretexto que aplicou o protetor solar, pois ele deve ser reaplicado de 2 em 2 horas;
3-  Nunca se exponha ao sol após aplicar produtos perfumados pois estes podem produzir manchas, alergias ou queimaduras;
4-  Nunca se exponha ao sol sem proteção;
5-  Evite exposição entre 10h e 16h, pois o índice de UV é muito alto;
6   Use óculos escuros;
7-  Proteja-se contra o sol, mesmo quando estiver nublado, pois as nuvens deixam 90% do UV passar.

Saiba mais sobre Saúde

Marli Sanches, dermatologista da Policlínica (foto/CFF/Adriana Lopes)
Marli Sanches, dermatologista da Policlínica (foto/CFF/Adriana Lopes)

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br