Galeria de Fotos

Não perca!!

Saúde

(Ilustrativa/ Google)
(Ilustrativa/ Google)

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) a cada dia cresce o número de pessoas que são diagnosticadas com hepatite tóxica, provocada por chás, ervas e fitoterápicos. Apesar de não existir pesquisas que comprovem a eficácia desses itens no Brasil, muitos são os relatos de intoxicação com confrei, cáscara sagrada, unha-de-gato, chá verde, entre outros. A SBH está agora preparando um cadastro nacional de hepatoxicidade, que inclui os medicamentos alopáticos, fitoterápicos, complementos alimentares e a chamada medicina natural.

Já a Universidade Federal de Mato Grosso analisou 12 estudos sobre o uso dos fitoterápicos no tratamento das hepatites crônicas do tipo B e C e no tratamento da Aids. Na análise, a terapia alternativa foi eficiente quando comparada ao aos medicamentos Inteferon ou a Ribavirana, no caso das hepatites. Já para a Aids, não houve melhora no padrão imunológico, apenas uma sensação de bem-estar nos pacientes pesquisados. Por Yasmin Barcelos

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br