Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner
Saúde
Em: 07/08/20 - 14:54 Fonte: Tribuna da Bahia Editoria: Saúde

“Tempo médio de aleitamento materno no brasil é muito abaixo do indicado”, aponta pediatra

O aleitamento materno ajuda a diminuir os riscos de alergias, déficit de atenção e de hiperatividade,  além de auxiliar no desenvolvimento saudável do sistema nervoso (Foto: Divulgação)

País tem tempo média de 54 dias de aleitamento, agosto Dourado intensifica os debates sobre benefícios da amamentação. Estudos apontam que os benefícios superam o risco de potencial transmissão da COVID-19

A Semana Mundial do Aleitamento Materno acontece até sexta-feira (07) e integra um conjunto de ações que fazem parte do Agosto Dourado - mês dedicado ao debate sobre a importância da amamentação. No Brasil, mitos e má informação sobre o tema são desafios a serem superados. O aleitamento materno ajuda a diminuir os riscos de alergias, déficit de atenção e de hiperatividade,  além de auxiliar no desenvolvimento saudável do sistema nervoso, contribuir para o desenvolvimento da musculatura do rosto e começar a regular a sensação de saciedade da criança. Pela amamentação a criança recebe anticorpos e fica mais protegida e com menor chance de desenvolver infecções respiratórias e diarreia.

Leia mais...
 
Em: 06/08/20 - 11:56 Fonte: Correio da Bahia Editoria: Saúde

Saúde afirma que vai comprar “primeira vacina que chegar ao mercado”

A aposta do governo federal, por enquanto, é no modelo desenvolvido pela farmacêutica britânica AstraZeneca e a universidade de Oxford (Foto: Reprodução)

Aposta do governo federal, por enquanto, é no modelo desenvolvido pela farmacêutica britânica AstraZeneca e a Universidade de Oxford

O secretário nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correa de Medeiros, disse nesta quarta-feira, 5, que o governo federal pretende comprar “a primeira vacina que chegar ao mercado”, independentemente do país que a produzir.

Leia mais...
 
Em: 03/08/20 - 16:41 Fonte: O POVO Online | Rede Nordeste Editoria: Saúde

Perda de olfato e paladar na covid-19 pode ser irreversível

De acordo com o Ministério da Saúde, a perda de olfato é um dos sintomas mais comuns da doença (Foto: Reprodução)

Análises preliminares da USP apontam possibilidade; tratamento precoce pode evitar sequelas graves

A perda de olfato e paladar decorrente da Covid-19 pode ser permanente se não tratada a tempo, de acordo com pesquisa da Universidade de São Paulo (USP). Em um grupo de 600 pessoas, 10% dos voluntários ainda persistiam com a perda total dos dois sentidos mesmo após um mês da doença. A pesquisa ainda está em andamento e é promovida pela Disciplina de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Leia mais...
 
Em: 03/08/20 - 09:27 Fonte: Estadão Conteúdo Editoria: Saúde

Síndrome rara que acomete crianças com covid-19 é registrada no Brasil

Síndrome rara: a medicina vem registrando uma reação inflamatória grave que só acomete crianças e está associada a uma resposta tardia ao Sars-CoV-2 (Foto: Andre Coelho | Correspondente | Getty Images)

Pelo menos dois hospitais do Rio de Janeiro trataram crianças com a recém-descrita Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica causada pelo coronavírus

No último 2 de julho, uma quinta-feira, Alice, de 3 anos, acordou cheia de manchas pelo corpo e com febre. Os pais, preocupados, ligaram imediatamente para a pediatra que, pelos sintomas descritos, excluiu a possibilidade de ser covid-19.

Leia mais...
 
Em: 01/08/20 - 13:22 Fonte: A Tarde Editoria: Saúde

Fiocruz e AstraZeneca firmam parceria para vacina contra covid-19

Acordo prevê a produção será de 100 milhões de doses para o Brasil (Foto: Mladen Antonov | AFP)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Ministério da Saúde, e a farmacêutica britânica AstraZeneca assinaram ontem, 31, um termo que dará base para o acordo de transferência de tecnologia entre os laboratórios e a produção de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança. O medicamento está sendo desenvolvido pela empresa do Reino Unidos em conjunto com a Universidade de Oxford e já está em fase de testes clínicos no Brasil e em outros países.

Leia mais...
 
Em: 30/07/20 - 14:55 Fonte: A Tarde Editoria: Saúde

Reação inicial do corpo à covid, pode indicar se ela se tornará mais grave, conclui estudo

Estudo analisou exames de sangue de 113 pacientes hospitalizados com o vírus (Foto: Reprodução | Unicamp)

Um estudo liderado por brasileiros e publicado na revista científica “Nature”, na segunda-feira, 27, concluiu que a reação mais “agressiva” do organismo à covid-19 ainda no início pode prever se a doença vai evoluir para a forma mais grave.

Leia mais...
 


Página 6 de 401

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br