Galeria de fotos

Não perca!!

Política

José Marcelino (PT), vereador e líder do Governo na Câmara
José Marcelino (PT), vereador e líder do Governo na Câmara

O vereador e líder do Governo na Câmara, José Marcelino (PT), fez um discurso duro na sessão desta quinta-feira (9). O parlamentar expôs a contradição do oposicionista Antonio Elinaldo (DEM) que se pronunciou na Tribuna colocando-se na condição de vítima. “Elinaldo vem aqui dizer que o PT está perseguindo ele, mas é ele que acaba com a candidatura de Tereza Guffoni. Elinaldo e Jorge Curvelo passaram três anos e meio nesta Casa falando mal do Governo, mas até agora não disseram o que vão fazer por Camaçari”, afirmou o petista.

Marcelino também disse que os ex-prefeitos Helder Almeida (DEM), José Tude (PTN) e o ex-secretário Maurício Barcelar (PTN) não representam o novo para Camaçari. E ainda frisou que “Zé de Elisio até ontem era um menino na casa do prefeito [Luiz Caetano (PT)]”.

Para Marcelino “o que estão fazendo com Helder e Waldir [Freitas] é covardia. Estão escondendo Helder e Waldir da campanha. Querem confundir o povo, o candidato é Maurício, mas do jeito que estão fazendo parece que o candidato é Tude, e tem que ver na lei se isso está certo”, comentou.

Firme e convicto das posições, o Líder do Governo Caetano também frisou que a pauta em discussão é o futuro de Camaçari. “O que está em jogo é a ampliação das vias do Município, o número de UPAs, hoje temos quatro, mas defendo que aumente; é a construção do Hospital da Orla; é a mudança da Rodoviária de local; é a ampliação das Faculdades na cidade; e a rediscussão do Polo Petroquímico, que está com o mesmo modelo desde que foi implantado”, argumentou.

Ao final do discurso, o político regionalizou o debate e criticou as administrações do PP e DEM na Região Metropolitana. “O prefeito precisa ter relações políticas com o povo. Em Salvador, o PP de João Henrique acabou com a cidade. Ali perto, o DEM destrói Dias D’ Ávila há anos. Em Camaçari, Caetano pavimentou o caminho. Antes, a Secretaria de Educação não tinha um veículo, hoje tem uma frota completa. Antes, o Gari da Limpec era nomeado na Seduc, mudamos isso, ampliamos o número de efetivos. A gente quer a cidade em movimento, no nosso Governo os trabalhadores fazem greve, e o Governo recebe e negocia, na época deles, os servidores públicos nunca sentaram com o Governo para nada. Camaçari não quer retroceder”, disparou.

Saiba mais sobre: Política

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br