Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Ex-deputado e ex-presdente da Câmara e o ex-presidente Michel Temer, ex-aliados, hoje inimigos políticos - Foto: Reprodução 247
Ex-deputado e ex-presdente da Câmara e o ex-presidente Michel Temer, ex-aliados, hoje inimigos políticos - Foto: Reprodução 247

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha revela no livro “Tchau, Querida – O Diário do Impeachment”, escrito na prisão, que o então vice-presidente Michel Temer (MDB) agiu “de todas as maneiras” para viabilizar o golpe que resultou na deposição da presidente eleita Dilma Rousseff. Trechos da obra foram divulgados nesta sexta-feira (2) pela revista Veja.

 

“Temer não só desejava o impeachment como lutou por ele de todas as maneiras — ao contrário do que ele quer ver divulgado sobre o assunto”, afirma Cunha na obra que será lançada no dia 17 de abril.

Cunha também relata que Temer negociou cargos no governo em troca de votos favoráveis ao afastamento de Dilma antes mesmo que o processo de impeachment avançasse na Câmara.

“Jamais esse processo de impeachment teria sido aprovado sem que Temer negociasse cada espaço a ser dado a cada partido ou deputado que iria votar a favor da abertura dos trâmites”, diz ele em um outro trecho do livro.

Um dos exemplos citados por ele  foi a nomeação do republicano Pereira, do Republicanos, para o Ministério da Indústria e Comércio Exterior.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br