Galeria de Fotos

Não perca!!

Política

Parlamentares da oposição usam declarações de Frota para acusar Bolsonaro do crime de obstrução da justiça
Parlamentares da oposição usam declarações de Frota para acusar Bolsonaro do crime de obstrução da justiça

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, teria ligado para ele e pedido para que não falasse mais do caso envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

Durante participação na CPMI das Fake News, Frota afirmou que, em um evento no Palácio do Planalto, Bolsonaro teria mandado ele “calar a matraca”, mas não apresentou evidências para sua acusação.

O deputado Rui Falcão (PT-SP) disse que, se for provada a veracidade das denúncias, Bolsonaro teria cometido o crime de obstrução da justiça, ao tentar calar um deputado que denunciava um suposto criminoso.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também afirmou que o caso pode ser encarado como obstrução da justiça:

“Existe um depoimento que dá conta que o presidente da República entrou em contato com outra pessoa, um parlamentar, para que ele não se manifestasse sobre um investigado da justiça.”

Segundo o site Congresso em Foco, Randolfe finalizou:

“Isso se caracteriza obstrução de justiça feita pelo presidente da República.”

Veja também:

Bebianno: 'Bolsonaro atira nos seus soldados pelas costas'

Acusado de infidelidade partidária, Alexandre Frota é expulso do PSL

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br