Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

(Imagem Ilustrativa)
(Imagem Ilustrativa)

Desempenho funcional, habilidades, disciplina, assiduidade e pontualidade é do que dependerá o policial militar para ter direito à GAP

Segundo a oposição, o Projeto de Lei que trata da regulamentação da Gratificação de Atividade Policial (GAP IV e V), encaminhado pelo governo do estado à Assembleia Legislativa, não contemplará todos os Policiais Militares automaticamente.

Segundo o DEM, o projeto determina que o benefício deverá ser atestado pelo superior hierárquico do militar, baseado em seu desempenho funcional, habilidades, disciplina, assiduidade e pontualidade. Na visão da oposição, para ter direito à GAP, “os militares estarão sempre à mercê da vontade do chefe, não sendo, portanto, uma conquista da corporação”.

O líder do governo na Assembleia, deputado Zé Neto (PT), disse não ter conhecimento desse “detalhe”. Por isso, recebeu críticas do deputado Paulo Azi (DEM), que ironizou a defesa do parlamentar em votar os requerimentos de urgência “sem ao menos ter lido o projeto encaminhado pelo Executivo”.

O deputado estadual Elmar Nascimento (PR) lamentou que o projeto de lei não tenha tido tempo para discussão. Para ele, a baixa remuneração decorre de uma política de governo que não priorizou a valorização das polícias. “O governo poderia ter reduzido gastos com itens como propaganda ou da contratação temporária, para investir mais em segurança pública”, afirmou.

Saiba mais sobre: Política

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br