Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

(foto/Google)
(foto/Google)

Com a ida da secretária da Casa Civil Eva Chiavon para a secretaria executiva do Ministério do Planejamento, o Governo do Estado estuda a possibilidade de fundir a pasta, hoje ocupada por Marcos Melo, e a Secretaria de Relações Institucionais, comandada por César Lisboa. A maior novidade de todas, entretanto, seria a possibilidade de um convite ao deputado federal Rui Costa para comandar a nova “supersecretaria”, como vem sendo chamada a nova pasta.

Costa foi o titular da secretaria estadual de Relações Institucionais no primeiro governo de Jaques Wagner, onde acumulou muitas críticas, principalmente por parte da base aliada. O estilo duro só seria superado pelo do atual secretário, que ele próprio indicou, também alvo constante de queixas dos parlamentares governistas. Apesar do perfil semelhante ao do seu sucessor, Rui contaria com uma vantagem pessoal em relação a Lisboa: é político.

A condição é sempre apontada por aliados de Wagner como algo que favorece imensamente Rui em relação a Lisboa. Mas não é a possibilidade de Rui desbancar o indicado que está em jogo. Na hipótese de ser colocado pelo governador na nova “Serin”, o deputado federal vai naturalmente ascender ao pódio dos atuais pré-candidatos petistas à sucessão de Wagner, em 2014.

No time dos privilegiados nomes petistas, figuram hoje Luiz Caetano, prefeito de Camaçari, José Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras, Moema Gramacho, prefeita de Lauro de Freitas, e o senador Walter Pinheiro.

Eles são considerados privilegiados porque, no partido do governador, todo mundo acha que sairá do grupo e não de qualquer outro campo da base aliada o candidato para sucedê-lo, apesar da disponibilidade de nomes entre os governistas.

Para quem duvida do poderio de Rui, que possui ainda o privilégio de ser, entre todos os demais pré-candidatos, aquele que tem relação mais próxima com o governador, sendo considerado o verdadeiro homem político de Wagner, basta dar uma verificada na relação das pastas e órgãos que controla no governo estadual. As secretarias de Relações Institucionais, Desenvolvimento Urbano, Desenvolvimento Social e Educação são dele.

A EBDA e a Defesa Civil também estão sob a alçada do “favorito”. “Se Rui assumir a nova supersecretaria, é certo que ele ficará ainda mais forte e, pela influência que tem no governo e junto a Wagner, a gente pode dizer que ele já chega como nome fortíssimo para disputar no PT a candidatura ao governo em 2014 , diz uma fonte petista ao Política Livre.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br