Galeria de fotos

Não perca!!

Política
Em: 09/06/18 - 06:38 Fonte: DCM/Eduardo Moretti Editoria: Política

Pesquisa: evangélico não segue voto de liderança, reflete sociedade e prefere Lula

 O coordenador da pesquisa do Neamp, Leandro Ortunes, diz que os evangélicos não seguem necessariamente a orientação das lideranças de seu grupo religioso. “Mesmo diante de todo apelo das lideranças evangélicas  por um candidato evangélico, os entrevistados não preferem que o próximo  presidente seja da mesma crença que eles”, aponta. (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Segundo pesquisa realizada em São Paulo, na última quinta-feira (31), durante a Marcha para Jesus, pelo Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política (Neamp) da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em parceria com o Grupo de Pesquisa Comunicação e Religião da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a intenção de votos entre os evangélicos.

Leia mais...
 
Em: 08/06/18 - 13:43 Fonte: Cidade Revista Editoria: Política

Tude e Caetano têm investigações arquivadas por promotoria

Segundo postagem do Ministério Público, não há fundamentos para a propositura de ações civis em ambos os casos. (Foto: Montagem Cidade Revista)

Dois ex-prefeitos de Camaçari tiveram arquivados e prescritos inquéritos em que eram investigados. José Tude, que ocupa atualmente o cargo de vice-prefeito, teve prescrita uma investigação em que era apurada supostas fraudes na contratação de empresa para o transporte escolar, além de uso indevido de transportes em campanha eleitoral. Não foi informada a data onde os fatos teriam ocorrido.

Leia mais...
 
Em: 08/06/18 - 12:04 Fonte: Viomundo/Marcelo Zero Editoria: Política

Marcelo Zero, sobre o “espetáculo” do ministro do Trabalho na OIT: Estupidez abissal, insuperável

Marcelo Zero: Com esse episódio do ministro do Trabalho, Helton Yomura, Átila, o huno, deixou de ser a personificação do Golpe. Para bem caracterizá-lo teríamos de unir Átila, o huno, com Bozo, o palhaço. Agência Brasil

A especialidade do Golpe é a destruição. Implode tudo em que bota a mão: soberania, empregos, economia, educação, saúde, ciência, Petrobras, Eletrobrás, etc.

Leia mais...
 
Em: 08/06/18 - 11:27 Fonte: 247/Mauro Lopes Editoria: Política

O golpe do mercado deu ruim; é o salve-se quem puder

A crise é brutal, o golpe do

Bolsa derrete, dólar dispara, crise cambial bate à porta; é o derretimento do projeto da elite branquinha representada pelo "príncipe" FHC e o mergulho do país numa crise sem precedentes - escreve Mauro Lopes, editor e articulista do 247; depois de quebrarem o Estado e liquidarem o patrimônio do pré-sal, os donos do dinheiro começam a apostar em Bolsonaro.

Leia mais...
 
Em: 08/06/18 - 10:22 Fonte: Brasil 247 Editoria: Política

Ex-presidente do PSC é investigado por pagar prostitutas com dinheiro do fundo partidário

Abdala: 'Dei mesmo, e comi. Qual o problema? E agora? Vai fazer o que comigo? Dei, mas elas se formaram. Recuperei elas todas pra vida', ouve-se na gravação, divulgada pelo jornal O Globo

O ex-presidente nacional e fundador do Partido Social Cristão (PSC) Vitor Jorge Abdala Nósseis está sendo investigado por suspeita de ter utilizado dinheiro do fundo partidário, destinado à Fundação Instituto Pedro Aleixo (Fipa), para pagar prostitutas.

Leia mais...
 
Em: 08/06/18 - 09:16 Fonte: O Estadão Editoria: Política

TRF1 determina prisão de deputado por condenação na Máfia dos Sanguessugas

 A condenação por improbidade administrativa lhe impõe quatro anos de reclusão e 40 dias multa (foto: Daniel Protzner)

O deputado estadual mineiro Cabo Júlio (MDB) pode ser preso a qualquer momento por causa da condenação na chamada Máfia dos Sanguessugas. Dois ofícios determinando a execução provisória das penas às quais ele foi condenado em segunda instância foram emitidos nessa quarta-feira (6) pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

O parlamentar foi condenado duas vezes pelo envolvimento em um esquema de fraude em licitações de municípios para a compra de ambulâncias com verbas do Ministério da Saúde.

A condenação por improbidade administrativa lhe impõe quatro anos de reclusão e 40 dias multa.

Em outubro de 2016, Cabo Júlio foi condenado mais uma vez a pena de seis anos de detenção em regime semiaberto e ao pagamento de mais 50 dias-multa à proporção de um salário mínimo de 2006.

As investigações do Ministério Público apontaram Cabo Júlio como autor de 20 emendas orçamentárias para 18 municípios mineiros que se comprometiam a direcionar as licitações a favor de determinadas empresas.

 


Página 8 de 1543

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br