Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Policial

Bandidos estão enviando falsos e-mails se fazendo passar pela Delegacia Digital (Foto: Reprodução)
Bandidos estão enviando falsos e-mails se fazendo passar pela Delegacia Digital (Foto: Reprodução)

Golpes digitais se tornaram um meio comum de roubar dados e dinheiro das pessoas. A criatividade dos golpistas para construir novas iscas é um fator de destaque. Um dos golpes em circulação no momento é uma prova disso.

De acordo com a Polícia Civil da Bahia, bandidos estão enviando falsos e-mails, se fazendo passar pela Delegacia Digital, com o objetivo de coletar dados pessoais ou realizar ações indevidas por meio do computador da vítima e usam uma técnica maliciosa conhecida como phishing – spam com intenção de fraude.

Verdadeiro ou falso?


Apesar de roupagens diferentes, mensagens maliciosas mantêm um certo padrão. Então, antes de clicar em links e informar dados, é importante que o usuário observe alguns detalhes. No caso do golpe da Delegacia Digital, a primeira coisa a checar é o link, ou seja, endereço digital. O site verdadeiro da Delegacia Digital é https://www.delegaciadigital.ssp.ba.gov.br/. É preciso checar com cuidado, porque qualquer letra diferente já significa fraude.

Além disso, como informa a Polícia Civil, é necessário reparar nos seguintes itens, que costumam revelar o golpe: endereço de e-mail ou o assunto como Delegacia 'Virtual'; conteúdo da mensagem citando um crime que o dono do e-mail não cometeu; a presença de link ou de algum arquivo anexo; logotipo diferente do oficial da Polícia Civil ou da Delegacia Digital; algum tipo de ameaça caso não seja executado um procedimento descrito e erros de ortografia.

"Se o e-mail recebido contiver algum dos tópicos acima, muito provavelmente se trata de phishing, técnica que também é usada por golpistas que se passam por grandes lojas de varejo ou bancos. Portanto, não se deve clicar para abrir qualquer link ou anexo nestas circunstâncias, pois um malware – programa desenvolvido para executar ações danosas – pode acabar sendo instalado. Se o usuário não tiver aberto o documento, deve eliminar a mensagem eletrônica imediatamente", orienta a Polícia Civil..

Caso a pessoa tenha clicado em algum link ou arquivo anexo, a orientação da Polícia Civil da Bahia é a de que o usuário deixe de usar o computador ou o celular até que um técnico de confiança faça as verificações necessárias e retire os programas danosos eventualmente instalados. Recomenda-se também o uso de um antivírus original, atualizado e recomendado pelo fabricante do dispositivo.

Outro detalhe a que o usuário deve estar atendo é ao endereço de e-mail do remetente. Todo e-mail vindo de qualquer repartição pública do Estado da Bahia segue um padrão e termina com ba.gov.br. Qualquer coisa diferente disso provavelmente será uma fraude.

Na dúvida, o cidadão pode e deve encaminhar o e-mail possivelmente fraudulento para a Ouvidoria da Polícia Civil, através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou ainda, entrar em contato  pelos telefones (71) 3116-6408 ou (71) 99631-5259.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br