Galeria de fotos

Não perca!!

Policial

Delegada Maria Selma, titular da 16ª Delegacia Territorial (Foto: DT | Pituba)
Delegada Maria Selma, titular da 16ª Delegacia Territorial (Foto: DT | Pituba)

Um indivíduo vai até a casa da vítima com todos os dados pessoais, com um crachá, se identifica como funcionário de um banco e diz que precisa levar o cartão bancário para fazer a troca do mesmo. Após isso, ele realiza diversos pagamentos, saques e faz uma 'limpa' na conta da pessoa. Nas últimas semanas, esse tipo de golpe tem se tornado cada vez mais comum em Salvador e tem chamado a atenção da polícia.

De acordo com a delegada Maria Selma, titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), diversos casos como esse foram registrados na capital baiana. Só na unidade policial da Pituba, foram cerca de dez ocorrências nos últimos dias. "O alvo preferido desses bandidos são os idosos, pois são considerados alvos mais fáceis para eles. E a gente tem percebido um aumento desses crimes nos últimos 15 dias. Só aqui na delegacia já atendemos umas dez vítimas bandidos", disse.

Segundo a delegada, após recolher o cartão bancário da vítima, o criminoso realiza diversos serviços, entre saques e empréstimos. "Na maioria das vezes, ele chega na casa do idoso e diz que está indo para recolher o cartão. Como ele está com crachá, a pessoa acredita, de fato, que ele é funcionário do banco, até porque ele está com todos os dados, entre nome, número de documento, número da conta, então a pessoa não desconfia e acaba entregando o cartão para ele. Depois que ele sai da casa da vítima, ele aplica o golpe e faz contratação de seguro, pagamentos de contas, compras, saques e empréstimos. Quando a pessoa vai ver, o nome dela já está no SPC e Serasa", explicou.

Por conta do aumento da quantidade de casos, a delegada chegou a gravar um vídeo, que está circulando no WhatsApp, onde ela aparece fazendo um alerta para a população. "Não se atende banco em casa. Quando você precisar de algum serviço do banco, vá pessoalmente a agência, conversar com o seu gerente para saber o que está acontecendo. Não entregue o seu cartão a ninguém que vá até a sua residência. Isso é um perigo", diz a delegada em um trecho da gravação.

Veja o VÍDEO

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br