Galeria de fotos

Não perca!!

Policial
Em: 01/06/18 - 12:32 Fonte: Correio da Bahia/Jornal do Commercio. Editoria: Policial

Quatro caminhoneiros sequestrados na Bahia são resgatados em Pernambuco

Caminhoneiros foram resgatados pela políiciais rodoviários federal já no estado do Pernambuco (Foto: Divulgação/PRF)

Caminhoneiros foram abordados na BR-116, perto de Planalto, e colocados em fundo do veículo.

Leia mais...
 
Em: 01/06/18 - 07:15 Fonte: A Tarde Editoria: Policial

Empresário é preso por suspeita de ameaçar caminhoneiros

Os nomes da transportadora e do empresário preso não foram divulgados. De acordo com o superintendente, o objetivo era gerar o desabastecimento de grãos e de proteína animal na região da Serra, no estado (Foto: Agência Brasil)


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, confirmou que nesta quinta-feira (31) houve a primeira prisão de empresário suspeito de interferir na paralisação dos caminhoneiros. As informações iniciais são que o transportador, detido no Rio Grande do Sul, teria ameaçado motoristas nos bloqueios em rodovias do estado. Ele foi preso temporariamente.

Desde o início da manhã, a Polícia Federal realiza operação no Rio Grande do Sul para reprimir a atuação de empresários de transporte na promoção de paralisações no âmbito da greve dos caminhoneiros.

A realização de greves ou paralisações por empresários, prática conhecida como locaute, é proibida pela legislação. A operação da PF, que ganhou o nome Unlocked, ocorreu a partir de inquérito que investigou a participação de integrantes de transportadoras em bloqueios nas rodovias BR 116, RS 122 e RS 452.

Segundo o superintendente regional da Polícia Federal, Alexandre Isbarrola, a PF conseguiu “provas contundentes” da prática de locaute. “É uma grande transportadora que atuava com violência e grave ameaça. Havia comboios de veículos que atuavam por ordem desses empresários e que abordavam os caminhões, obrigavam a parar e que fossem recolhidos, impedindo que eles seguissem”, disse em entrevista hoje em Porto Alegre. Os nomes da transportadora e do empresário preso não foram divulgados. De acordo com o superintendente, o objetivo era gerar o desabastecimento de grãos e de proteína animal na região da Serra, no estado.

Diálogo

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, Etchegoyen reiterou a disposição do governo em manter o diálogo e lamentou a violência que provocou a morte de um motorista em Rondônia. Ele foi atingido por uma pedra após passar por um bloqueio de manifestantes.

Etchegoyen concedeu entrevista após reuniu no Palácio do Planalto, do gabinete de monitoramento da greve dos caminhoneiros.

Veja também:

Caminhoneiro morre após ser atingido por pedrada na cabeça em BR

 
Em: 01/06/18 - 06:12 Fonte: A Tarde Editoria: Policial

Acusado de tráfico de drogas e de usar espada para eliminar rivais é preso

Nahianderson Paixão do Santos, 27 anos, conhecido como

Um homem com dois mandados de prisão foi apreendido na manhã desta quinta-feira, 31, com uma espada no Cabula, em uma região conhecida como Timbalada. Nahianderson Paixão do Santos, 27 anos, conhecido como "Nai", é suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas, com atuação no bairro da Engomadeira.

Leia mais...
 
Em: 30/05/18 - 16:27 Fonte: BNews Editoria: Policial

Caminhoneiro morre após ser atingido por pedrada na cabeça em BR

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Um caminhoneiro morreu com uma pedrada na cabeça perto de um ponto de manifestação dos caminhoneiros grevistas na BR-364, na tarde desta quarta-feira (30), em Vilhena (RO). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. O nome do condutor ainda não foi divulgado pelas autoridades, informa o G1.

Leia mais...
 
Em: 29/05/18 - 13:42 Fonte: A Tarde Editoria: Policial

Vídeo - Homem mata mulher por ciúme e depois abraça corpo na Bahia

À polícia, Zenildo disse que está arrependido e que por isso colocou o corpo da esposa sob a cama e a abraçou.

"Eu fiquei com tanta dó, que só dei uma facada”, disse ele, em um vídeo gravado por policiais.

Zenildo Souza de Jesus, 36 anos, foi preso após matar a mulher na noite de segunda-feira, 28, na casa do casal, na cidade de São José da Vitória (a 475 quilômetros de Salvador). Aparentemente embriagado, o homem confessou o crime.

Leia mais...
 
Em: 29/05/18 - 12:31 Fonte: Correio da Bahia Editoria: Policial

Funcionário que matou colega de trabalho na Odonto System é preso e confessa crime

João Ricardo estava foragido (Foto: Divulgação/ SSP)

Em depoimento, João Ricardo confessou o crime e contou como tudo aconteceu. De acordo com a Polícia Civil ele alegou que levou uma faca para a empresa 'apenas para ameaçar a vítima e que teria pedido a Aldo para se afastar de sua família'.

Ao abordar o colega, João Ricardo teria sido ofendido por Aldo e, no depoimento, afirmou que 'num momento de fúria desferiu várias facadas na vítima'.

Depois do crime, João fugiu para a Ilha de Itaparica, onde ficou escondido na casa de parentes. O veículo usado na fuga foi apreendido e encaminhado à perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

De acordo com a delegada Marta Karine Aguiar, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), autor e vítima eram amigos há mais de dez anos. João teria sentido ciúmes da mulher com Aldo, o que motivou o crime. Após o depoimento, João Ricardo passou por exames de corpo delito, no DPT, e seguiu para o sistema prisional.

Aldo foi morto dentro da empresa (Foto: Reprodução)

O corpo do coordenador de operações clínicas Aldo Lopes do Nascimento, 29 anos, foi encontrado com pelo menos 15 perfurações, na manhã desta quarta-feira (23). Ele foi assassinado com golpes de faca, dentro da sede administrativa da Odonto System, na Pituba, onde trabalhava há cerca de 10 anos. Os dois eram compadres.

Segundo a polícia, as esposas de Aldo e João Ricardo, que é analista de informática, também trabalhavam na mesma empresa. A vítima foi assassinada no banheiro da recepção do segundo andar. Aldo trabalhava como coordenador de operações clínicas e morreu antes de receber os primeiros socorros.

O crime aconteceu em uma área administrativa da empresa, por isso, os clientes não presenciaram o assassinato. A arma do crime não foi localizada, mas peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) contaram que, considerando as perfurações, o mais provável é que tenha sido usada uma faca do tipo ‘peixeira’.

João matou colega de trabalho com 15 facadas. João Ricardo afirmou que levou faca para ameaçar o colega, mas acabou o matando.

 


Página 9 de 1082

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br