Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Opinião

Novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli (Foto: Reprodução)
Novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli (Foto: Reprodução)

Carlos Alberto Decotelli fraudou currículo e é acusado de plágio em dissertação

A posse do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, foi adiada desta terça-feira (30) para data ainda não definida. A informação é do colunista Lauro Jardim, de O Globo.

A decisão de adiar vem depois de polêmicas envolvendo o novo ministro e sua formação acadêmica. Depois da indicação, veio à tona que Decotelli fraudou o currículo, incluindo um doutorado que não foi concluído, na Argentina, e um pós-doutorado na Alemanha que não chegou a ser feito.

Decotelli também foi acusado de plagiar trechos do seu trabalho de conclusão do mestrado. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) anunciou no sábado que vai "apurar os fatos referentes à denúncia de plágio na dissertação do ministro Carlos Alberto Decotelli". A suspeita é que o novo ministro da Educação tenha cometido plágio no trabalho apresentado em 2008 para a conclusão de um mestrado em Administração na instituição.

Em nota, a FGV afirma que o orientador da dissertação foi procurado e que, caso seja confirmado um "procedimento inadequado", serão tomadas medidas administrativas e judiciais contra o novo ministro.

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) entrou com uma representação para que o órgão adote medidas para apurar possíveis prejuízos ao erário decorrentes da nomeação do novo ministro. O subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado diz que "pairam suspeitas" sobre Decotelli.  O MP cita a teoria dos motivos determinantes que orientaram a escolha do seu nome pelo presidente da República e que uma eventual invalidade do ato de nomeação do novo ministro da Educação resultaria na necessidade de ressarcimento aos cofres públicos de despesas incorridas.

Depois que tudo foi divulgado, o presidente Jair Bolsonaro exigiu uma rechecagem no currículo do novo ministro. Caberá à Abin fazer um "pente fino" no histórico de Decotelli, para tentar descobrir se há algo mais a se saber sobre ele.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

Veja também:

Nova polêmica: universidade alemã não confirma pós-doutorado de ministro da Educação

Mestrado de ministro da Educação tem trechos copiados de outras monografias

Ministro Luiz Fux é eleito novo presidente do STF, com Rosa Weber de vice

Weintraub 'foge' para EUA antes de ser exonerado

Carta a embaixadas pede que Weintraub não seja eleito no Banco Mundial

'Saindo do Brasil o mais rápido possível', diz Abraham Weintraub

Weintraub deixa Ministério da Educação após polêmicas com STF

Weintraub comparara ação contra fake news com nazismo; entidades judaicas reagem

Alexandre de Moraes pede oitiva de Weintraub sobre os “vagabundos do STF”

Conheça o oncologista Nelson Teich, médico que vai substituir Mandetta

Mandetta deixa Ministério da Saúde sob aplausos

Saída de Teich repercute no mundo: “Brasil volta a ficar sem ministro”

Teich deixa o Ministério da Saúde com menos de um mês no cargo

Em meio à crise do coronavírus, Mandetta anuncia em rede social que foi demitido por Bolsonaro

Mandetta já avisou à equipe que vai ser exonerado, diz jornal

Ministério da Educação adia o Enem 2020

Ministro da Educação desliza mais uma vez no português nas redes sociais

Caos no Enem: Weintraub diz que alunos tiraram nota baixa e culparam MEC pelo resultado

Bolsonaro não sinaliza mudança, e Weintraub conduz MEC com erros e deboches

MEC quer mudar Enem e aplicar provas nos três anos do ensino médio

Com caos no Enem, secretário de Educação Superior do MEC pede demissão

Rodrigo Maia detona ministro da Educação: 'nosso país não tem futuro'

MPF pede suspensão de Sisu, Fies e ProUni e revisão completa do Enem

Vídeo - Gabaritos trocados resultaram em notas erradas no Enem, diz Inep

Câmara apoia UNB após Weintraub disparar ataques contra universidades federais

Ministro da Educação, Abraham Weintraub 'surta' no Twitter e agride internautas

Íntegra da prova do segundo dia do Enem vaza; não houve dano, diz ministro

MEC quer acabar com concursos nas universidades federais para contratar apenas professores de extrema-direita

Universidade que aderir ao Future-se terá que contratar professor sem concurso

Governo bloqueia R$ 348,4 milhões para compra, produção e distribuição de livros didáticos

Ministro da Educação faz piada sobre caso dos 39kg de cocaína no avião da FAB

UFBA, UnB e UFF: MEC anuncia corte de verbas de universidades por 'balbúrdia'

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br