Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Economia

Mercado global vive temor de recessão mundial (Foto: Rovena Rosa | Agência Brasil)
Mercado global vive temor de recessão mundial (Foto: Rovena Rosa | Agência Brasil)

A B3, principal índice da bolsa de valores do Brasil, precisou interromper os negócios após cair 10% minutos após abrir, nesta segunda-feira (9). Os mercados globais vivem dia de pânico após o preços do petróleo desabarem, o que acentuou o temor de recessão mundial.

Às 10h32, o Ibovespa caía 10,02%, a 88.178 pontos, quando os negócios foram interrompidos, após um mecanismo chamado de “circuit breaker” ter sido acionado automaticamente. Esta ferramenta é usada quando a queda passa de 10%. Com ela, as negociações de papéis na bolsa são interrompidas por 30 minutos.

Caso após a reabertura das negociações o Ibovespa continue em queda e o tombo chegue a 15%, as operações serão novamente paralisadas, dessa vez por 1 hora. A última fez que o circuit breaker entrou em ação foi no dia 18 de maio de 2017, após a explosão das denúncias do dono da JBS, Joesley Batista, contra o presidente Michel Temer.

Outra fator que indica a preocupação dos investidores na B3 é que o dólar opera em alta nesta segunda, chegando a bater pela 1ª vez R$ 4,79. Na sexta-fera, o Ibovespa fechou em queda de 4,14%, a 97.966 pontos – menor patamar de fechamento desde 27 de agosto, acumulando queda de 15,28% no ano.

Preço do petróleo

Em trajetória de queda por causa do avanço do novo coronavírus pelo mundo, os preços do petróleo levaram um tombo nesta segunda, chegado perto dos US$ 30, a maior queda diária desde a Guerra do Golfo (1990 e 1991).

Na abertura dos negócios no mercado asiático, ainda no noite de domingo (horário de Brasília), o preço do petróleo do tipo Brent chegou a recuar 31%, atingindo mínimas que não eram registradas desde fevereiro de 2016. O barril do tipo Brent chegou a a atingir US$ 31,02 , enquanto o WTI chegou bateu US$ 27,34.

O tombo veio após a decisão da Arábia Saudita de cortar o valor de venda do barril e indicar o início de uma guerra de preços entre os grandes produtores, na esteira do fracasso das negociações entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a Rússia sobre o tamanho da produção da commodity.

Na Europa, as principais bolsas operam em queda em torno de 7%, acumulando perda em torno de 20% no mês de março.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br