Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

O autor dos disparos mandou uma mensagem para um amigo dizendo que havia acabado com a família e que era para acionar a Polícia Militar (Foto: Reprodução)
O autor dos disparos mandou uma mensagem para um amigo dizendo que havia acabado com a família e que era para acionar a Polícia Militar (Foto: Reprodução)

A família foi encontrada morta no início da tarde de segunda-feira (10)

O ex-policial militar Leonardo dos Reis Andrade, de 43 anos, atirou contra o filho de 21 anos, a esposa de 39 e depois de se matou. O caso aconteceu em Sertãozinho, São Paulo. De acordo com o G1 Ribeirão Preto e Franca, a família foi encontrada morta no início da tarde de segunda-feira (10).

Ainda segundo o portal, um amigo do ex-policial foi até a casa após receber uma mensagem no celular. Ao chegar ao local, viu que os carros da família estavam na garagem, mas ninguém atendeu. Os agentes entraram na casa e encontraram a família morta. Todos apresentavam ferimentos na cabeça.

O ex-policial enviou uma mensagem a um grupo de amigos em um aplicativo de conversas, na manhã de segunda-feira (10), em que dizia “gente, fiz besteira”.

O autor dos disparos mandou uma mensagem para um amigo dizendo que havia acabado com a família e que era para acionar a Polícia Militar para vir à casa dele”, disse o delegado Targino Osório ao G1. A polícia ainda não sabe a motivação dos crimes.

Veja também:

Ator de Chiquititas e pais são assassinados a tiros

Pai estupra filha e vítima de 13 anos pede ajuda a amigo em rede social

Anistia recomenda a Bolsonaro que revogue decreto de armas

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br