Galeria de fotos

Não perca!!

Policial

Foto: Diney Araujo/Divulgação
Foto: Diney Araujo/Divulgação

Os policiais depois reconheceram Leno e o encaminharam para o Hospital Geral do Estado (HGE). Eles pediram desculpas e alegaram que estavam em busca de assaltantes que roubaram uma senhora no Campo Grande, e que também estavam de bicicleta.

Como a bala atingiu o ator de raspão, ele foi suturado e já recebeu alta da unidade médica. Depois, seguiu para a 1ª Delegacia (Barris) para registrar queixa. O CORREIO já solicitou informações sobre o caso às assessorias das polícias Civil e Militar, mas até a publicação da reportagem, nenhuma havia enviado resposta.

Coincidência
No teatro, Leno Sacramento encena atualmente En (cruz)ilhada, espetáculo solo no qual discute o racismo e as várias mortes simbólicas que envolvem o negro na sociedade.

"Assim que nascemos nossas cabeças são colocadas na mira de uma bala que segue nos matando lentamente: a morte social, a morte cultural, a morte financeira, a morte estética, a morte psicológica”, comentou o ator, sobre a obra, que, por coincidência, concorre ao Prêmio Braskem de teatro na noite desta quarta. O ator ainda não confirmou se vai estar presente no evento.

“A morte nos invade, nos extermina e nos põe em uma cruz de braços abertos. Ela nos deixa sem escolha, sem opção”, completa, em cartaz também no Cabaré da Raça, clássico do Bando que comemora 20 anos e que também aborda a temática do racismo na sociedade.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br