Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Manifestação da PM no CAB (Foto: Marcello Cazuquel)
Manifestação da PM no CAB (Foto: Marcello Cazuquel)

A oposição ao governo do estado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aproveita a greve de parte da PM para fazer críticas ao governador Jaques Wagner, que se encontra em viagem internacional com a presidenta Dilma Rousseff, em visita à Cuba e China. Deflagrada na última terça-feira, 31 de janeiro, por uma das entidades ligadas aos militares baianos, o estado de greve foi defendido por parlamentares como sendo como um possível agravador do estado de insegurança que vive a Bahia.

"A greve deflagrada pela Polícia Militar estava prevista e anunciada, mas o governador Jaques Wagner não teve competência para negociar e abortar o movimento, mesmo diante do clima de insatisfação da categoria e do alarmante índice de violência e insegurança que assola o Estado”, disse o deputado estadual Paulo Azi (DEM). Ele afirmou ainda que está preocupado com os rumos do movimento e com a integridade da população, “já tão assustada com a falta de segurança”.

"Isso mostra que, diferentemente do que propaga em sua publicidade, este governo não tem compromisso com a segurança da população", criticou o parlamentar. Azi declarou também que a Associação dos Oficiais da PM veiculou nota queixando-se do que chamou de “descaso de Wagner” com a insatisfação e com os anseios da corporação. Segundo a nota, o alerta da greve vinha sendo feito, sem que as negociações avançassem: "O resultado é que agora a população se encontra refém da bandidagem".

Veja também: CFF - PMs baianos em estado de greve ocupam Assembleia Legislativa; Comando contesta legalidade

Saiba mais sobre: Política

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br