Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Garrafas de bebida também foram encontradas próximo ao jazigo  (Foto: Prefeitura de Novo Hamburgo)
Garrafas de bebida também foram encontradas próximo ao jazigo (Foto: Prefeitura de Novo Hamburgo)

Uma mulher de 44 anos que se identificou como mãe de santo e um jovem de 19, que seria aprendiz da religião, explodiram um túmulo e acabaram queimando um cadáver durante um ritual na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. Eles disseram que a "macumba" era para que reconquistar um namorado.

Tudo aconteceu no último dia 13 de janeiro, mas as imagens foram divulgadas nesta quinta-feira (30/1) no programa Por Dentro com Cardinot, do SBT. O corpo que foi violado foi escolhido aleatoriamente pelos suspeitos e era de um idoso de 82 anos, sepultado cerca de dois meses antes do ocorrido no Cemitério Municipal Willy Martins.

Perto do túmulo do idoso, a polícia encontrou uma ossada humana dentro de uma sacola plástica. Nenhum dos suspeitos soube informar a procedência dos restos mortais nem quis assumir a ideia do ritual religião. Garrafas de bebida também foram encontradas próximo ao jazigo.

Se indiciada, a elas devem responder por três crimes: violar sepultura; destruir, subtrair ou ocultar cadáver e vilipendiar cadáver ou outros restos mortais. A pena pode chegar a 9 anos de reclusão, além de multa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Vídeo

SERVIÇO:

Esgoto entupido? Chame a Metropolitana Desentupidora

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br