Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Projeto de lei estabelece prazo de 24 horas para notificação de casos (Foto: Reprodução)
Projeto de lei estabelece prazo de 24 horas para notificação de casos (Foto: Reprodução)

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira, 21, um projeto de lei que estabelece o prazo de 24 horas para que casos de violência contra a mulher sejam notificados. Pela medida, a rede de saúde, tanto pública quanto privada, deve comunicar à polícia casos em que houver indício ou confirmação de violência contra a mulher, dentro do prazo estabelecido. A matéria retorna para análise da Câmara, já que foi alterada pelos senadores.

O projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na quarta, 20, e inicialmente acrescentava o dispositivo à Lei Maria da Penha. A comissão, no entanto, decidiu deslocar a medida para a Lei 10.778, que regulamenta a notificação compulsória de casos de violência contra a mulher atendida em hospitais e centros de atendimentos públicos ou privados.

Na votação em plenário, senadores aprovaram uma alteração ao texto para garantir que sejam notificados “indícios” de violência. O texto inicialmente previa o prazo de 24 horas para comunicação de casos suspeitos ou confirmados. Para assegurar a notificação, parlamentares preferiram usar o termo “indícios” em vez de “suspeitos”.

Veja também:

Usou cola comum para fechar feridas’, diz jovem espancada por namorado em Camaçari

Vídeo - Camaçariense é resgatada pelo pai após ser mantida em cárcere privado por 6 meses; namorado é suspeito

Homem é preso após estuprar e matar idosa de 92 anos depois de prestar serviço na casa

Mulher é morta pelo namorado horas após registrar queixa contra ele; mãe da vítima também foi esfaqueada

Estudante morre após ser abusada pelo cunhado e queimada pelo namorado

Carro quebra e motorista cadeirante estuprador é preso após oração de vítima

Grupo feminino realiza Caminhada da Paz pela Vida das Mulheres, nesta sexta-feira (08), em Camaçari

Elis Cristina - Camaçariense é morta com nove tiros em São Paulo

"Filme de Terror" - Com desabafo chocante jovem camaçariense supostamente desaparecida revela razão do seu ‘sumiço’

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br