Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

Devotas oferecem orações antes de tomarem banho sagrado no rio Bagmati durante festival em Katmandu (Crédito: PRAKASH MATHEMA / AFP)
Devotas oferecem orações antes de tomarem banho sagrado no rio Bagmati durante festival em Katmandu (Crédito: PRAKASH MATHEMA / AFP)

O Nepal recebeu pedidos urgentes para impedir que mulheres sejam expulsas de suas casas durante seus períodos de menstruação depois que uma mulher morreu dormindo em uma cabana, tornando-se a quarta vítima em semanas.

Segundo o Extra, Parbati Bogati, de 21 anos, morreu sufocada depois de acender uma fogueira para se aquecer na barraca de pedra e barro sem janelas em que foi obrigada a dormir sob a prática hindu de “chhaupadi”, que continua predominante no Nepal, apesar de uma proibição oficial.

Outra mulher e seus dois filhos já haviam morrido em circunstâncias semelhantes, provocando uma investigação parlamentar e levando autoridades locais a alertarem as famílias de que lhes seriam negados benefícios estatais se fossem encontradas praticando “chhaupadi”.

A “chhaupadi” foi banida em 2005, mas ainda é predominante no oeste do Nepal. Deixa as mulheres em risco de picadas de cobra, ataques de animais selvagens e estupro. Algumas comunidades temem ser amaldiçoadas, como um desastre natural, se as mulheres e meninas menstruadas não forem expulsas durante esse período. Elas são impedidas de tocar em uma variedade de itens — incluindo leite, ídolos religiosos e gado — e devem comer de maneira econômica e simples. Mulheres e meninas menstruadas também não podem se encontrar com outros membros da família.

O costume tem contribuído para diversas mortes, apesar de o governo ter introduzido uma pena de 3 meses de prisão e multas de 3000 rúpias (R$ 100,00) para os casos em que for comprovada a prática. Ano passado, uma mulher também morreu sufocada depois de ser banida e em 2017, uma adolescente morreu picada por uma cobra.

 

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br