Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

A Justiça argentina decretou a prisão da ex-presidente Cristina Kirchner. O pedido de prisão preventiva foi expedido pleo juiz federal Claudio Bonadio, pelo risco de ela "atrapalhar as investigações" sobre a assinatura de um memorando entre o governo do país e o Irã.

O pedido de prisão ainda será levado para o Senado, que analisa a remoção ou não da imunidade parlamentar de Cristina, que atualmente é senadora federal. Claudio Bonadio também pediu a prisão de Carlos Zanini, ex-secretário de Kirchner durante a presidência, e do ex-líder peronista Luis D’Elia.

Acordo
Segundo a imprensa argentina, Cristina fez um acordo pra encobrir os extremistas iranianos que teriam atacado a sede da Associação Mutual Israelita Argentina (Amia), em 1994. Nessa ação, 85 pessoas morreram e centenas ficaram feridas.

O acordo foi revelado recentemente depois que jornais locais publicaram uma conversa do ex-chanceler Héctor Timerman com um diretor da Amia, que revelou que o governo sabia da atuação dos extremistas na ação.

Eles podem ser responsabilizados por “traição à Pátria”, com uma pena que varia entre 10 e 25 anos.

 

 

Enquete

Pena de morte no Brasil
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br