Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Exemplo a ser seguido, no combate à Dengue - Foto: ReproduçãoExemplo a ser seguido, no combate à Dengue - Foto: Reprodução

Um bebê de sete meses, outro de quatro e um homem de 34 anos, são vítimas fatais, mortas sob suspeita de terem sido vítima de Dengue Hemorrágica em Camaçari, segundo publicação da prefeitura municipal desta sexta-feira (27).

O Aedes Aegypti, mosquito causado da dengue, zika e chikungunya, segundo a prefeitura, já teria causado, de janeiro a meados de maio, 53 ocorrências de chikungunya, 222 de dengue e 03 de zika.

Porém como a cultura do “isso não é comigo” e pouco caso se tem feito de água parada em não poucas residências, o que continua inegavelmente sendo um aliado sem igual do mosquito transmissor das doenças para sua proliferação, a prefeitura municipal, disponibiliza a partir desta sexta-feira (27), o aplicativo (APP) Mosquito Zero, disponível no Google Play Store.

A ideia é que, se você tem tido cuidado com o seu quintal, mas seu vizinho não está nem aí, expondo sua família à criação de mosquitos dele, basta uma denúncia via o aplicativo, que inclusive te permite enviar fotos da residência, de forma completamente anônima, e ainda a localização da casa, e é só sentar na varanda e esperar.

Veja também:

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br