Galeria de Fotos

Não perca!!

Eventos

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvbGF6ZXIvZG9taW5ndWluaG9zLmpwZyZhbXA7dz05MDAmYW1wO2g9NjAwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0w.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Considerado herdeiro direto de Luiz Gonzaga, Dominguinhos que completou 70 anos este ano, vai ganhar as telonas. O documentário "Dominguinhos, volta e meia", dirigido por Felipe Briso, que conta a história do sanfoneiro que é considerado o sucessor de rei do baião deve ser lançado em 2012 e retrata o diálogo de Dominguinhos com o músico Hermeto Pascoal. O projeto é ideia da cantora Mariana Aydar, com a colaboração e a direção musical dos instrumentistas Duani e Eduardo Nazarian.

O curta vai contar a história do músico e cantor desde sua saída de Garanhuns, Pernambuco, passando por sua mudança para o Rio de Janeiro com o pai aos 13 anos, até sua ida para São Paulo, onde reside hoje, tocando em diversos shows de forró e mantendo acesa a chama da tradição nordestina que se tornou parte importante da cultura brasileira. "Filmamos situações de todo o tipo", diz Eduardo Nazairian.

No documentário serão mostrados também depoimentos de familiares e amigos, além de exibições de Dominguinhos em shows e em estúdio com participações de outros grandes nomes da música nacional como Lenine, Hermeto Pascoal, João Donato, Wilson das Neves, Gilberto Gil e outros.

Nazarian conta que já gravaram duetos com Dominguinhos os músicos Hermeto, João Donato e Lenine e em breve será gravado uma cena com Gilberto Gil. "Hermeto diz respeito à primeira fase, à infância, a ser autodidata, a essa música universal", conta Nazarian, acrescentando que, "um não conhecia o outro quando moleques, mas eles têm background muito parecido e essas vidas dialogam".

Já Donato vai espelhar a "fase do Beco das Garrafas" de Dominguinhos, quando ele tinha que tocar todos os gêneros, em bares, para ganhar a vida. Segundo ele, Giberto Gil representa o momento em que a música nordestina é resgatada pelo mainstream e o sanfoneiro ganha fama nacional, passa a acompanhar Gal Costa e começa a gravar seus trabalhos autorais mais importantes. Lenine mostrará a fase posterior, da fusão, das pontes internacionais, do Brasil vendendo música para o mundo.

Vale lembrar que, o lendário sanfoneiro se tornou conhecido como um dos mais respeitados artistas brasileiros, tendo ganho diversos prêmios de reconhecimento por sua história na música. O mais importante deles, o Grammy Latino de 2002, com o disco Chegando de Mansinho.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br