Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Emprego

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvc2VjdWx0X2NvbmN1cnNvLmpwZyZhbXA7dz05MDAmYW1wO2g9NjAwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0w.jpg

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) cancelou o concurso para contratação de Representantes Territoriais da Cultura com o objetivo de avaliar os critérios de seleção do edital, que foi aberto nesta quinta-feira (23). A informação foi divulgada no site oficial do órgão no final da manhã de hoje.

No edital número 001/2012 estava estabelecido que candidatos que tivessem  filiação partidária ou atuação em sindicatos estariam na frente do processo seletivo. Isto porque, pelos critérios de pontuação estabelecidos no edital, cada ano dedicado a esse tipo de atividade valeria 2,5 pontos, uma vantagem e tanto se considerado que a análise curricular e uma entrevista são as únicas etapas do processo.

Na reportagem do Jornal CORREIO publicada nesta quinta-feira sobre a vantagem dos militantes na seleção, o secretário estadual de Cultura, Albino Rubim, disse não estar totalmente a par do edital, e acrescentou qeu teria sido elaborado pelo superintendente de desenvolvimento territorial Adalberto Santos. Em viagem ao Rio de Janeiro, o superintendente não foi localizado pela reportagem.

Seriam disponibilizadas nove vagas em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) para as regiões do Sisal, Bacia do Rio Corrente, Recôncavo, Velho Chico, Irecê, Extremo Sul, Região Metropolitana de Salvador, Portal do Sertão e Litoral Sul. Era exigido nível superior para o cargo. O salário e as gratificações somavam R$ 1.980, mais o auxílio alimentação para a carga horária é de 40 horas semanais.

Não foi divulgada uma nova data para publicação do edital e realização da seleção do cargo para a secretaria.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br