Galeria de fotos

Não perca!!

Emprego

(Imagem Ilustrativa)
(Imagem Ilustrativa)

Faltando pouco mais de um mês para o Natal, a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) prevê a abertura de quase 150 mil vagas em todo o pais até o próximo mês, sendo mais de 1.500 postos abertos só na Bahia.

Segundo a entidade, cerca de 70% das contratações temporárias são feitas pelo comércio, por ser o Natal a data comemorativa mais importante para o segmento. Nessa época as vendas são aquecidas pela tradição de presentear amigos e familiares. Para atender a demanda há a contratação de funcionários temporários para reforçar as equipes.


Ainda de acordo com a Asserttem, a maioria das vagas são destinadas a pessoas sem experiência profissional e 65% delas serão ocupadas por pessoas com idade entre 18 e 39 anos.

Supermercados, vestuário, calçados, eletrodométicos e perfumaria são os segmentos que mais contratam mão de obra temporária no fim de ano e as funções mais requisitadas, segundo a supervisora do setor de psicologia do Simm, Gisele Fernanda Oliveira, são as de vendedor, operador de caixa, repositor de mercadoria, promotor de vendas, garçom e auxiliar de serviços gerais. Apesar das vagas serem, na maioria, destinadas a primeiro emprego, os contratantes buscam profissionais que tenham como qualidades a boa comunicação, proatividade, disponibilidade de horário e, principalmente, muita vontade de trabalhar, informa Gisele.

“O emprego temporário é a oportunidade de experimentar. O momento do profissional mostrar as suas habilidades para o empregador”, destaca. A psicóloga explica que mesmo que os salários não sejam tão atrativos, o trabalho temporário é a porta de entrada para uma futura contratação. “Em média, 30% dos temporários são efetivados após o término do contrato, que dura cerca de três meses”. Mas se a contratação não ocontecer, a psicóloga orienta que não há motivos para desanimar, porque, a depender do desempenho, ele pode voltar numa nova oportunidade.

Processo seletivo

Aparência e comportamento são fatores cruciais num processo seletivo, diz a psicóloga. O candidato tem que tomar cuidado com a forma de se apresentar, bem como se expressar. Evitar a linguagem informal, como as gírias e cuidar da aparência são pontos fundamentais, orienta Gisele.

Legislação

O trabalho temporário tem legislação específica com direitos e deveres dos trabalhadores. Trata-se da Lei 6.019, de 1974.

O contrato deve ter duração máxima de três meses, salvo com autorização do Ministério do Trabalho, explica o advogado trabalhista Valton Pessoa.A remuneração do trabalhador temporário deve ser equivalente ao do empregado efetivo de mesma função. Ele tem também direito a pagamento proporcional de férias e 13º salário, horas extras, adicional noturno, FGTS, repouso semanal remunerado e proteção previdenciária, com exceções para aviso prévio e recebimento da multa de 40% sobre o FGTS.

Camaçari

De acordo com informações do gerente executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Camaçari (CDL), Rubenilson Marques, até o momento não houve levantamento referente ao número de vagas temporárias abertas para o fim de ano no comércio da cidade. Mas, segundo o CIAT, há vagas efetivas para contratação imediata na cidade.

*Com informações do Correio

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br