Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Ciência e Tecnologia

A partir de 8 de fevereiro, todo usuário do app será obrigado a aceitar o compartilhamento de dados com o Facebook (Foto: Reprodução)
A partir de 8 de fevereiro, todo usuário do app será obrigado a aceitar o compartilhamento de dados com o Facebook (Foto: Reprodução)

O WhatsApp, aplicativo mais utilizado para envio de mensagens entre smartphones no ocidente, anunciou mudanças polêmicas nas políticas de uso do aplicativo. A partir de 8 de fevereiro, todo usuário do app será obrigado a aceitar o compartilhamento de dados com o Facebook.

Quem não concordar com a atualização não poderá continuar usando a plataforma.

A notícia incomodou várias pessoas, de especialistas a grandes empresários, já que implica, ainda mais, na perda de privacidade de quem usa o app. Elon Musk, CEO da Tesla, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, foi um  dos que se manifestou contra a mudança. Em sua conta oficial no Twitter o norte-americano incentivou as migrarem para o Signal, aplicativo semelhante que promete não compartilhar dados.

O que será compartilhado

À AFP, o Facebook declarou que as novas condições "permitirão o compartilhamento de informações adicionais entre WhatsApp e Facebook e outros aplicativos como Instagram e Messenger". O conteúdo das mensagens, segundo a empresa, não seria compartilhado. Vale lembrar, contudo, que já houve provas de que o WhatsApp manteria registro de mensagens deletadas por usuários.

A lista de dados a serem compartilhados - e que podem, eventualmente, ser compartilhados com outras empresas - é enorme e  inclui dados do perfil, número de telefone e outros dados que constem no registro (como o nome); informações sobre o telefone, incluindo a marca, modelo e a empresa de telefonia móvel; o número de IP, que indica a localização da conexão à internet; qualquer pagamento ou transação financeira realizada através do WhatsApp, números de contatos, atualizações de status, dados sobre a atividade do usuário no aplicativo (como tempo de uso ou o momento em que ele está online), foto de perfil, entre outros.

Alternativas

Você pode até não saber, mas existem alternativas melhores e mais seguras que o WhatsApp. Uma das mais populares no Brasil é o Telegram, um aplicativo de código aberto que oferece mais segurança, mais privacidade e mais recursos que o WhatsApp.

Entre os recursos do Telegram que colocam o Whatsapp "no chinelo" estão a possibilidade de enviar e receber mensagens sem precisar passar o número do celular, editar mensagens depois de enviadas, apagar mensagens  sem limitação de tempo, ouvir mensagens de áudio em modo acelerado, enviar fotos e vídeos de qualquer tamanho, além de grupos com suporte para até 200.000 membros e chat secreto.

O aplicativo está disponível para Android, iOS, pode ser usado em celulares e tablets e também tem uma versão para computadores, que funciona até quando o celular está desligado. O download pode ser feito na Playstore, na AppleStore ou no site do Telegram, clicando aqui. Vale a pena testar.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br