Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Março foi marcado pela explosão absurda e vertiginosa no número de casos e mortes por covid-19 (Foto: Reprodução)
Março foi marcado pela explosão absurda e vertiginosa no número de casos e mortes por covid-19 (Foto: Reprodução)

Mesmo com as medias restritivas impostas pelo Governo do Estado e acatadas pelo Município, Camaçari viveu o pior mês desde o início da pandemia, há cerca de 01 ano atrás. Março foi marcado pela explosão absurda e vertiginosa no número de casos e mortes por covid-19.

Para além dos dados específicos da doença, a cidade vivenciou o pior mês, em número geral de mortes, desde 2015. Provavelmente, o pior mês da história do município, no qual o total geral de óbitos passou de cerca de 100 para 285, de acordo com dados do Registro Civil Br.

Ainda assim, apesar de não haver nenhum sinal claro de melhoria das condições, a prefeitura decidiu reabrir o comércio, a partir desta segunda-feira (05).

De acordo com as atualizações diárias da Prefeitura, a cidade está há três dias sem registro causado por covid-19, o que é uma boa notícia e poderia indicar um começo de melhora no cenário de guerra que o município está vivenciando. No entanto, ainda seria cedo para afrouxar medidas, já que o número de novos casos e casos ativos continua elevado, este último se mantendo constantemente acima dos 1.500.

Conta que não fecha

Em nota que comunica a reabertura, a Prefeitura fala  "dar mais segurança e impedir nova escalada da doença no município." A parte mais estranha do texto é falar em "nova escalada", como se ainda estivéssemos em outubro de 2020, ou como se tivesse havido alguma percepção de melhora até o momento.

Na mesma nota, o prefeito, Elinaldo Araújo, pede que a população respeite protocolos de segurança. A mesma população que passou todo mês de janeiro e fevereiro lotando as praias nos finais semana.

“Estamos atentos aos números da Covid-19 no dia a dia e, com reforço das medidas adotadas, vamos assegurar a abertura das atividades comerciais a partir desta semana, porém, é importante que cada cidadão cumpra e respeite as determinações de distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras, para que os números continuem caindo”, diz ele. Continuem caindo?

Ainda no mesmo informativo, fica registrado que "o acompanhamento para manutenção do processo de reabertura, ou sua interrupção, caso seja necessária, levará em conta o nível de transmissão da doença e o número disponíveis de leitos específicos para pacientes com a Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), isso num cenário macro, sempre levando em consideração os dados do Estado e tomando decisão conjunta com os gestores da Região Metropolitana".

Olhando o posicionamento da prefeitura e os dados dos boletins divulgados pela mesma prefeitura, a conta simplesmente não fecha: apenas nos 04 primeiros dias de abril foram confirmados 187 novos casos e mais 03 mortes.

É inegável que o fechamento do comércio provoca perdas financeiras e dados a empresários e ao município, no entanto, vidas não são recuperáveis - por mais clichê que a frase seja - e a prefeitura falhou miseravelmente em estabelecer um modelo de comunicação que conscientizasse a população, de modo que cobrar essa consciência agora é no mínimo risível.

Verdade seja dita, todos os governos falharam nesse sentido, mas, como vivemos em Camaçari, fica a pergunta para a prefeitura: quem pagará a conta com a reabertura do comércio no atual cenário?

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br