Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Cidade tem a triste média de uma morte a cada dois dias, provocada por Covid-19 (Foto: Reprodução)
Cidade tem a triste média de uma morte a cada dois dias, provocada por Covid-19 (Foto: Reprodução)

A divulgação do boletim epidemiológico diário dos casos de Covid-19 em Camaçari, embora seja uma iniciativa importante e necessária, acaba por não dar a dimensão exata do sofrimento causado pela doença, na cidade.

Ver o número de mortos permanecer inalterado por vários dias consecutivos, por exemplo, dá a falsa impressão que as coisas estão melhorando, assim como ver a queda do número de casos ativos, em determinados dias, faz parecer que a vida está se aproximando da normalidade.

As duas ideias se provam incorretas, quando avaliados os números globais.

De acordo com o levantamento feito pelo Camaçari Fatos e Fotos (CFF), considerando as informações registradas no boletim epidemiológico (publicado uma vez por semana pela prefeitura) que contém todo histórico da epidemia, no município, a cidade tem a triste média de uma morte a cada dois dias, provocada por Covid-19.

O primeiro óbito foi registrado no dia 10 de abril, quando a cidade tinha apenas 17 pessoas com infecção pelo vírus confirmada. Em 16 de dezembro, a cidade já somava 135 vítimas fatais da infecção, sendo as  duas mortes mais recentes registradas em cerca de 24h, entre os dias 15 e 16.

Outro fator preocupante é o aumento no número de novos casos por mês. Em queda desde agosto, a quantidade do novos confirmados voltou a crescer em novembro. Em dezembro, há 13 dias para o final do mês, a cidade já tem o número de casos diagnosticados equivalente a 56,8% do total no mês anterior.

O primeiro caso da doença foi confirmado no dia 16 de março; entre os primeiro e o segundo, foram sete dias. Durante o mês de novembro, a cidade chegou à assustadora marca de mais de 30 novos casos em apenas um dia.

Prevenção

Sem previsão real de quando a vacina estará disponível, mesmo para quem está à espera do imunizante, o único meio de evitar o contágio é o distanciamento social e o uso de máscaras, assim como a higienização das mãos.

Vale lembrar que o vírus permanece flutuando no ar por até 2h30, ou seja, se você entrar em um ambiente onde uma pessoa contaminada esteve sem máscara e também estiver sem a proteção, mesmo que já tenha passado uma hora desde a saída dessa pessoa, você ainda pode contrair o vírus.

Além disso, o Sars-Cov-2, causador da Covid-19, sobrevive até 3 dias em plásticos, aço inox e outras superfícies lisas.

Atualmente, 7.018 pessoas contraíram a doença, em Camaçari, desde o início da pandemia. Deste total, 177 estão em tratamento, 6.689 já se recuperaram e 135 morreram.

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvMjAxNi9BZ29zdG8vY292aWQxOTEyLnBuZyZhbXA7dz05MDAmYW1wO2g9NjAwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0w.jpg

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br