Galeria de Fotos

Não perca!!

Cidade

Renato Santana Medeiros, de 46 anos, foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, no município de Alagoinhas (Foto: Reprodução)
Renato Santana Medeiros, de 46 anos, foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, no município de Alagoinhas (Foto: Reprodução)

Ele estava de folga quando reagiu a um assalto

O corpo do cabo da Polícia Militar Renato Santana Medeiros, de 46 anos, foi enterrado na tarde desta terça-feira (5), no Cemitério Jardim da Saudade, no município de Alagoinhas. Ele morreu após reagir a um assalto em Camaçari.

Renato estava de folga e almoçava em um restaurante no bairro Gleba C, na tarde de segunda-feira (4), quando dois homens invadiram o estabelecimento e começaram a furtar os pertences dos clientes. No momento em que tentaram levar os objetos pessoais do cabo, ele reagiu e foi baleado.

Segundo a Polícia Civil, que já ouviu testemunhas nesta terça-feira (5), o caso é investigado como latrocínio (roubo sgeudo de morte). Houve troca de tiros entre Renato e os bandidos, que fugiram em seguida. Renato chegou a ser socorrido por policiais militares e levado para o Hospital Geral de Camaçari, mas não resistiu e morreu no local. Até o momento ninguém foi preso.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que a vítima integrava há 20 anos o quadro de funcionários do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Ele morava no mesmo bairro em que foi morto.

Renato era casado e deixa uma filha. Ele é o oitavo policial militar assassinado este ano na Bahia. No ano passado, foram registradas 16 mortes deste tipo.

Veja também:

Policial militar é morto a tiros em restaurante na Gleba C

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br