Galeria de Fotos

Não perca!!

Cidade

Boletim do Instituto aponta que as praias da Costa de Camaçari são aptas para banho (Foto: Ascom | PMC)
Boletim do Instituto aponta que as praias da Costa de Camaçari são aptas para banho (Foto: Ascom | PMC)

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) divulgou na última sexta-feira (18), seu boletim semanal de balneabilidade, estudo que aponta a qualidade das águas usadas pelos banhistas. O boletim do Instituto aponta que as praias da Costa de Camaçari são aptas para banho e não apresentam densidade de E. Coli, bactéria abundante em fezes humanas e de animais. A amostragem é feita, preferencialmente, no dia de maior afluência do público às praias.

O resultado reforça o trabalho da Prefeitura de Camaçari, que tem mantido uma agenda permanente de limpeza de praias e ações de saneamento básico. Com a chegada das manchas de óleo que atingem o litoral nordestino, o trabalho ganhou o reforço de voluntários e obteve a ação imediata da Defesa Civil e do trade turístico, através da Secretaria de Turismo (Setur). O governo municipal está realizando operações diárias de limpeza de praia e descarte de resíduos.

A ação rápida coordenada pelo prefeito Elinaldo Araújo e o apoio dos voluntários, garantiu que o cenário das praias nesse final de semana fosse o mesmo conhecido pelos camaçarienses e visitantes: água cristalina e praia limpa. Segundo o secretário de Turismo, Gilvan Souza, o levantamento realizado pela Setur neste final de semana aponta que os pontos com maior frequência de banhistas e de comércio funcionaram normalmente com barracas lotadas e sem registro de incidentes com óleo.

A Prefeitura alerta que ainda não existem informações confirmadas sobre origem ou volume do vazamento de óleo. Até que a investigação dos órgãos ambientais aponte uma estimativa, a gestão municipal mantém o esquema de monitoramento e frentes de trabalho atuando nas áreas que receberam a substância oleosa.

Cuide da sua praia

O apoio dos voluntários tem sido fundamental para limpeza e proteção das nossas praias. Mas, para evitar o risco de incidentes ou algum tipo de contaminação por óleo, siga essas recomendações: use luvas, pás e outras ferramentas para remover o material; ao recolher, armazenar em baldes ou sacos plásticos; não jogue junto com o lixo comum.

Se as manchas forem em grande quantidade ou você não tenha os equipamentos necessários, acione nosso apoio técnico. Os agentes da Defesa Civil estão diariamente nas praias efetuando a limpeza e o monitoramento da região costeira. Para remoção dos resíduos coletados ou retirada de óleo, acione a Defesa Civil (199).

(Foto: Ascom | PMC)
(Foto: Ascom | PMC)

Veja também:

Voluntários retiram grandes resíduos de óleo, mas poluição persistirá por anos

Marinha: Óleo que atinge NE não foi produzido ou comercializado no Brasil

Shell é acionada na Justiça após barril de óleo ser encontrado no mar

Instituto de Química da Ufba transforma óleo recolhido de praias em carvão

Descoberto provável local de origem do óleo que invadiu praias do Nordeste

Manchas de óleo: governo decreta situação de emergência no estado

Onda de união: 500 voluntários ajudaram a limpar praias no final de semana

Suspeito por óleo no Nordeste, navio fantasma 'dribla' radares

Homem que oferecia falso emprego é preso por estuprar 40 mulheres em Camaçari

Mancha de óleo que atinge praias do Nordeste chega a Arembepe

Petróleo no mar do Nordeste chega à Bahia

Substância achada em praias do Nordeste é petróleo cru não produzido no Brasil

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br