Galeria de Fotos

Não perca!!

Cidade

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvY2lkYWRlL2ZvcmQuanBnJmFtcDt3PTkwMCZhbXA7aD02MDAmYW1wO3E9OTAmYW1wO3pjPTA=.jpgA Pelzer e Pilkington alegam alto custo da mão de obra e do valor da PLR

O anúncio do Governo Federal sobre a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) como forma de incentivar as montadoras automotivas do país não está surtindo o efeito esperado no Polo Petroquímico de Camaçari. Segundo informações do Sindicato de Metalúrgicos do Município, a Pelzer e Pilkington, devem deixar as dependências do Complexo Ford Nordeste.

As empresas alegam o alto custo da mão de obra, já que dentro do Complexo os salários são diferenciados e o valor da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) está fora da realidade para o setor de autopeças.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari exige providências por parte da Prefeitura no intuito de impedir a saída das empresas e a demissão dos trabalhadores das duas empresas, que já foram informados que seus contratos podem ser suspensos a qualquer momento.

Redução do IPI
O Governo Federal anunciou no dia 04 de agosto a redução da alíquota de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para empresas fabricantes de veículos automotivos instalados no Brasil até 31 de julho de 2016. O valor da alíquota, no entanto, ainda será anunciado pelo governo por meio de decreto.

Em nota, o Ministério da Fazenda destacou que a redução não é imediata e que, diferentemente da medida tomada em 2008, o incentivo vale para a montadora, não para o consumidor.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br