Galeria de fotos

Não perca!!

Cidade
Em: 17/11/11 - 15:02

Camaçari inicia atividades do Novembro Negro nesta sexta-feira (18)

Novembro Negro terá show com Dudu Nobre, dia 20 (Foto: Divulgação)A Marcha dos Povos de Terreiro, nesta sexta-feira (18/11), abre as atividades do Novembro Negro em Camaçari. A caminhada sai às 13h do Centro Administrativo e segue para a praça Desembargador Montenegro, no Centro da cidade. O evento contará com a participação do grupo Afoxé Filhos de Gandhy e da atriz Isabel Fillardis.

Realizado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secin (Secretaria de Cidadania e Inclusão), o Novembro Negro, este ano, tem como tema Igualdade racial é pra valer!.

No sábado (19/11), às 19h, acontece um show dos negros evangélicos. A apresentação acontece na praça dos 46 com as participações do cantor Nêngo Vieira e dos grupos Caravana da Benção e Missionários do Reino.

Para o dia 20 de novembro, data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, a programação começa às 7h30 com uma missa na Catedral São Thomaz de Cantuária. À tarde, a partir das 17h, acontece um grande show com o sambista carioca Dudu Nobre e a banda Corda Bamba.

Com o tema Mulher Negra em Ascensão, a população se reúne no dia 22 de novembro, às 16h, na Câmara Municipal de Camaçari, em sessão especial, aberta ao público, para debater temas em prol da comunidade negra.

Durante a sessão, será entregue a medalha Zumbi dos Palmares, condecoração criada em dezembro de 2009, pelo vereador José Marcelino (PT), para as pessoas ou entidades que contribuíram com a formação da identidade negra do povo brasileiro.

No período de 21 a 25 de novembro, escolas da rede municipal de ensino farão palestras sobre o papel do negro na sociedade.

As atividades contam com apoio de diversas entidades, entre elas a Rede Kodia, Zimbabwe, Unegro (União dos Negros pela Igualdade), MNU (Movimento Negro Unificado), Instituto Casa da Gente, Grupo Cultural Batuk Black, Fenacab (Federação Nacional do Culto Afro Brasileiro), CEN (Coletivo de Entidades Negras), Conectas (Projeto Direito à Saúde da Mulher Negra) e Bloco Afro OMOIZÔ.

Também apóiam a iniciativa a ANEC (Associação dos Negros Evangélicos de Camaçari), a Anneb-BA (Aliança de Negros e Negras Evangélicos do Brasil), além da Cojuv (Coordenadoria da Juventude). Todos apoiadores fazem parte do CDCNC (Coletivo de Desenvolvimento da Comunidade Negra Camaçariense).

 
Em: 17/11/11 - 12:40

Cidade do Saber: Vem aí a 5ª edição do Cidade em Cena

A Cidade do Saber realiza o 5º Cidade em Cena – mostra anual dos alunos dos cursos de Arte e Cultura da instituição (foto/Daniel Quirino)De 1 a 11 de dezembro, a Cidade do Saber realiza o 5º Cidade em Cena – mostra anual dos alunos dos cursos de Arte e Cultura da instituição. Durante o período, o público poderá assistir gratuitamente a espetáculos de música, dança moderna, dança de salão, balé e teatro.

O evento acontece desde 2007 com o objetivo de promover

Leia mais...
 
Em: 19/09/11 - 11:35 Fonte: CFF/Adriana Lopes Editoria: Cidade

Abrigo são Francisco de Assis, sob riso de invasão e carência de doações, pede ajuda

Abrigo São FranciscoSede da instituição possui uma imensa área verde, o que dificulta a manutenção apenas pelos próprios funcionários.

O Abrigo São Francisco de Assis, instituição criada para abrigar idosos, quando não descartados pelas próprias famílias, que por alguma circunstância precisem de um lugar digno para terminar de viver, tem sofrido com a falta de recursos para manutenção da área verde que o rodeia. Segundo Robertson Átila Rodrigues, assistente

Leia mais...
 
Em: 07/08/11 - 16:09 Fonte: Antonio Franco Editoria: Cidade

CFF - Ibama embarga campo de extração de areia de empresa em Camaçari

Campo de extração de areia embargado em Camaçari (foto/Divulgação/Ibama)Órgão notificou a empresa HM Mineração por descumprir o Plano de Recuperação de Área Degradada.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) embargou o campo de extração de areia da empresa HM Mineração, localizado na Fazenda Capoame, em Camaçari. Fiscais do órgão realizaram inspeção no local na última quinta-feira (04/08), e notificaram a empresa por descumprir o Plano

Leia mais...
 
Em: 07/08/11 - 16:06 Fonte: Antonio Franco Editoria: Cidade

Empresas parceiras da Ford ameaçam deixar Polo Petroquimico

Complexo Ford NordesteA Pelzer e Pilkington alegam alto custo da mão de obra e do valor da PLR

O anúncio do Governo Federal sobre a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) como forma de incentivar as montadoras automotivas do país não está surtindo o efeito esperado no Polo Petroquímico de Camaçari. Segundo informações do Sindicato de Metalúrgicos do Município, a Pelzer e Pilkington, devem deixar as dependências do Complexo Ford Nordeste.

Leia mais...
 
Em: 03/08/11 - 05:51 Fonte: Antonio Franco Editoria: Cidade

Concerto de Arthur Moreira Lima é menos prestigiado que Sinfonia Popular da cidade

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvY2lkYWRlL2ZhdG9zX2cucGhwLmpwZyZhbXA7dz0yMDAmYW1wO2g9MTYwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0x.jpgMaravilhoso. Essa é a palavra ideal para descrever o concerto de Arthur Moreira Lima – um dos maiores pianistas vivos do país – realizado no estacionamento da Cidade do Saber, na noite desta quarta-feira (03).

Na exibição, que durou cerca de uma hora foram apresentadas composições próprias, além de tocatas de outros mestres como Beethoven, Villa-Lobos, Chopin, Bach, entre outros.

A mostra apresentada em Camaçari foi o concerto de número 399 do projeto “Um Piano pela Estrada – Brasil Sertões 2”. Segundo o próprio pianista, o projeto tem levado a música erudita a várias cidades brasileiras “onde é possível chegar por terra”, priorizando aquelas em que há pouco ou nenhum acesso à música clássica.

Em Camaçari, há duas coisas que merecem uma análise. A primeira, embora possa ser ofensiva há alguns, é que – considerando que o concerto foi em Camaçari – é possível dizer que houve um número considerável de espectadores: todas as cadeiras colocadas à disposição foram ocupadas em alguns momentos.

Entretanto, considerando que no palco estava Arthur Moreira Lima, num concerto com entrada franca, pode-se dizer que a participação popular foi pouco expressiva. Principalmente que, deseducadamente, muitos saíram bem antes do final.

Sem emitir juízos de valor e salvando as devidas proporções, vale questionar como seria se fosse um show de uma dessas bandas de pagode, realizado nas mesmas condições.

Mais intrigante ainda é pensar que “faltaram” ingressos para a segunda apresentação da Orquestra Sinfônica Popular Brasileira de Camaçari, que foram vendidos a R$1.

Bom, sem considerar se houve falhas ou não, no que antecedeu a divulgação da apresentação do artista, com síntese da sua história, não há mais o que dizer, ou, é como dizem por aí: gosto é como o paladar: cada um tem o seu...

 


Página 926 de 926

Enquete

Pena de morte no Brasil
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br