Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Bahia

Apesar da gravidade dos acontecimentos por trás da denúncia, a menina está bem e em segurança (Foto: Reprodução)
Apesar da gravidade dos acontecimentos por trás da denúncia, a menina está bem e em segurança (Foto: Reprodução)

Mãe denunciou sumiço da criança após esfaquear ex-companheiro; ela deve responder por tentativa de homicídio e falsa comunicação de crime

As circunstâncias do desaparecimento de uma menina no bairro de Santa Mônica, que movimentam as redes sociais em Salvador desde a sexta-feira (18), começaram a ser esclarecidas e, apesar da gravidade dos acontecimentos por trás da denúncia, a menina está bem e em segurança.

Tudo começou quando uma mulher identificada como Emile Bispo Nascimento, mãe da menina, divulgou nas redes sociais mensagens denunciando o desaparecimento da criança.

Na legenda de uma postagem no perfil da menina, com a foto e a indicação de "DESAPARECIDA", um apelo: "Quem souber de alguma informação falar comigo... Quem tiver alguma informação ligar para a polícia pois já dei queixa".

Acontece que não havia nenhuma denúncia registrada pela mãe da criança, mas sim contra ela, e por outro crime totalmente diferente. Por volta das 17h30, Emile teria esfaqueado o ex-companheiro, Antônio de Oliveira Sousa, 73 anos, na Rua Doutor Aristides de Oliveira.

Segundo as investigações, a mulher fugiu do local após o ataque ao idoso, que é pai da menina, e teria inventado a história do desaparecimento após deixar a criança sozinha em casa.

Localizada

Em nota, a Polícia Civil informou nesta segunda-feira (20) que a menina foi localizada por familiares e levada para a casa de vizinhos.

“A 2ª DT/Liberdade apurou que a garota foi levada por familiares para casa de vizinhos, após a mãe, em decorrência da tentativa de homicídio contra o companheiro, na sexta-feira (20), fugir e deixá-la sozinha, na casa”, explica o comunicado.

A menina permaneceu sob os cuidados de parentes e conhecidos.

Ainda de acordo com a nota, Emile será ouvida na mesma delegacia e deve responder pela tentativa de homicídio e também por comunicação falsa de crime. O crime de abandono de incapaz também pode ser imputado à mulher.

Nas redes

Antes de prestar depoimento, Emile usou as redes sociais para negar as acusações de vários internautas de que estivesse tentando promover o perfil da criança, para ganhar seguidores.

“Eu jamais ia expor minha filha, minha família para ganhar seguidor, ganhar Ibope, porque eu não sou uma pessoa desse nível. Tem muita gente falando que eu estou mentindo referente ao desaparecimento de minha filha, coisa que não é a verdade. Eu não estou com minha filha”, afirmou.

Ela também mencionou a briga com o ex-companheiro. “Houve sim o desentendimento meu e do pai dela. Mas tem muita gente sem noção vindo atacar uma mãe que perdeu uma filha, que não sabe do paradeiro dela”, complementou.

Internado

Atingido no peito pela ex, Antônio de Oliveira Sousa foi internado ainda na sexta no Hospital Geral do Estado (HGE), para onde foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br